fbpx

domingo, 29 de maio de 2022

Ourinhos terá “Festa do Samba” no carnaval de 2015

José Luiz Martins

Batizada de “Festa do Samba”, o único evento carnavalesco público de 2015 em Ourinhos irá acontecer na área do extinto Clube dos Ferroviários na Avenida Rodrigues Alves, ao lado do pontilhão sobre a ferrovia. O evento deste ano, que em 2014 foi realizado no recinto da FAPI, foi lançado pela prefeita Belkis Fernandes e pelo secretário municipal de Cultura, Fernando Cavezali na última terça-feira em entrevista coletiva. Diferentemente de 2014 quando houve desfile de escolas de samba da região, este ano, quatro grupos musicais dividirão o palco nos quatro dias de folia. Os grupos Borogodó do Samba, Tô no Meio e Praça 11 e a cantora Juliana Spina foram contratados para animar a festa. Conforme o secretário de Cultura o repertório será das tradicionais marchinhas e sambas com apresentações nas quatro noites (14, 15, 16 e 17 de fevereiro) e nas matinês de domingo (15) e terça-feira (17) sempre com entrada franca.

O local escolhido na área central, em uma das mais movimentadas vias da cidade, irá dar maior visibilidade ao evento que contará com praça de alimentação ao redor de uma quadra que servirá de pista defronte a um palco de 9 metros. Tendas serão instaladas e a estrutura do local contará também com banheiros químicos. Em sua fala, a prefeita argumentou que desde a edição da “Festa do Samba” no ano passado, muitas pessoas sugeriram que o evento em 2015 fosse realizado em um local mais próximo do centro da cidade. “É um lugar que tem espaço e é de fácil acesso a todos, numa área central próximo ao terminal de ônibus urbano, é um local que contempla a todos”, declarou Belkis. Segundo Cavezalli o evento deste ano será um misto de baile de salão com quadra de escola de samba. “A gente deu uma mudada na programação, no formato, no ano passado escolhemos a FAPI pelas condições de espaço e estrutura com estacionamento e com a intenção de dar um impulso aos grupos e pessoas ligadas ao carnaval da cidade que se manifestavam pela criação de escolas de samba e blocos. Mas não houve interesse.” 

A área do campo de futebol do antigo Clube Atlético Ferroviário e demais imóveis pertencentes à extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA), há anos estavam em estado de abandono e foram repassados ao patrimônio da União. Por iniciativa da Comissão Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico de Ourinhos, formada pela ex-secretária de Cultura Neusa Fleury, um processo de tombamento de alguns desses imóveis foi iniciado em 2010. Com o trabalho da comissão o município reivindicou a cessão dos imóveis incluindo a área do antigo campo de futebol e quadra, e mais dois imóveis conhecidos como Casa dos Ingleses, uma delas, hoje sede da Secretaria de Cultura cuja doação foi efetivada em 2011.

Para o atual secretário de Cultura, embora o local dos festejos de momo de 2015 ainda não tenha sido doado oficialmente ao município, as antigas instalações do Clube Atlético Ferroviário é um novo eixo e espaço para futuras manifestações culturais. A expectativa é de que a cada dia da “Festa do Samba” reúna de 1500 a 2000 pessoas em horários variados com cada grupo se apresentando por 3 horas, não avançando para além da meia noite, levando em conta que o local é de área residencial. Sobre o fato de Ourinhos não ter mais a tradição de festejos carnavalescos, o que foi muito presente no passado e foi se perdendo a partir dos anos 80, Cavezali disse que a questão tem que ser tratada com naturalidade. “Não adianta querermos forçar a barra. Muitas pessoas ficam lembrando os carnavais de vinte, trinta anos atrás, recebemos os clamores e tentamos processar isso de uma maneira que atenda os anseios com uma opção de lazer no carnaval na cidade.” Ainda conforme o secretário, o evento se dá dentro de parâmetros culturais sem a pretensão de que a cidade se torne uma referência turístico/carnavalesca, o que requer grande investimento. A verba destinada pela prefeitura para o evento foi estipulada em 50 mil reais.

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.