quarta, 17 de abril de 2024

Palmirinha, apresentadora e cozinheira, morre aos 91 anos

Ícone da TV, ela sofreu um agravamento de problemas renais crônicos, afirmam familiares. A ‘vovó mais querida do Brasil’ trabalhou por 13 anos em programas culinários da TV Gazeta.

 

Da redação

 

A apresentadora Palmira Nery da Silva Onofre, a Vovó Palmirinha, morreu neste domingo (7), aos 91 anos. Segundo familiares postaram nas redes sociais, ela teve um agravamento de problemas renais crônicos.

 

 

“A família, consternada e inconsolável, comunica o falecimento de Palmira Nery da Silva Onofre, a Vovó Palmirinha, aos 91 anos, ocorrido hoje, 7 de maio, às 11h20 em decorrência de agravamento de problemas renais crônicos. Ela estava internada na Unidade Paulista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, desde o dia 11 de abril”, afirmou o post na conta oficial dela.

O velório acontecerá na segunda-feira (8), no Cemitério do Morumby, das 9h às 17h, e estará aberto ao público das 11h às 13h. O sepultamento será reservado apenas para amigos e familiares.

Em 2020, a apresentadora foi internada três vezes em menos de dois meses. Em outubro, ela tratou uma infecção urinária e, no início de dezembro, devido a um baixo índice de sódio no sangue, foi internada na UTI. No final daquele mês, teve de voltar ao hospital por causa de mais uma infecção urinária.

 

 

Famosos como a apresentadora Tatá Werneck e a modelo Isabella Fiorentino lamentaram o falecimento da “vovó mais querida do Brasil”. Anderson Clayton, intérprete do fantoche Guinho (seu braço-direito nas receitas televisivas), publicou uma carta em homenagem à parceira.

“Fiquei em silêncio todos esses anos. E quando me perguntam … Espalho nossas histórias e foram tantas histórias que até mesmo nem imagino como conseguimos chegar até aqui. Vivemos nesses últimos 25 anos muitas conversas, horas e horas de camarim, gargalhadas e lágrimas. Claro… como toda história, alguns momentos tristes surgem, porque sem eles não conseguiríamos mostrar que uma grande História também é feita de desencontros e dor. Mas o amor e respeito sempre prevaleceram”, afirmou Anderson.

 

 

Palmirinha deixa três filhos, seis netos e seis bisnetos.

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.