quarta, 12 de junho de 2024

Partido Solidariedade terá candidato a prefeito em 2016

Da redação

Contrariando especulações, o Solidariedade vai lançar candidato próprio à Prefeitura de Ourinhos em 2016. A afirmação é do Presidente da Executiva Estadual, Davi Martins. A expectativa da direção é a de que o partido aumente em muito o número de prefeitos em todo o Estado.

A executiva da legenda municipal, liderada por André Paladino se reuniu, na última quinta-feira (26), para debater e deliberar estratégias de fortalecimento da legenda, com vistas às Eleições 2016.

Além de Ourinhos, o SD pretende entrar na disputa em outros municípios na região. David Martins afirmou ainda que as cidades coordenadas por Ourinhos como Canitar, Chavantes, Ipaussu, Bernardino de Campos, Santa Cruz do Rio Pardo, São Pedro do Turvo, Ribeirão do Sul, Ibirarema, Salto Grande e Avaré também irão lançar candidatos próprios.

Apesar dos convites que o SD recebeu para ter candidato a vice prefeito nas eleições em 2016, Paladino entende que o momento é propício para uma candidatura própria. Confirmou que o “SD está bem na cidade e agradecemos aos partidos que nos procuraram, inclusive os vereadores que almejam a prefeitura em 2016, mas o diretório optou por não aceitar pelo fato de estarem convictos da candidatura própria à prefeito”.

David Martins de Carvalho, presidente estadual afirma que o SD saiu vitorioso nas eleições de 2014, elegendo 15 deputados federais e 23 estaduais em todo o Brasil, sendo em São Paulo, um federal e dois estaduais. Portanto, o Solidariedade já é um partido forte se comparado a partidos tradicionais que existem há muito mais tempo, afirmou.

Outra articulação que fortalece ainda mais o partido é a Frente de Oposição formada pelos partidos: SD, PV, PSB e PPS. Juntos os quatro partidos somam 68 deputados federais. Com isso, a nossa força se torna ainda muito maior, com relação às votações em favor de projetos que favoreçam a população de forma direta.

Em Ourinhos, mais 5 partidos garantiram apoio ao SD em 2016. Segundo algumas lideranças, Ourinhos está em crise e muitas pessoas desiludidas com a cidade clamam por mudanças.

Para eles, são mais de 100 mil habitantes de Ourinhos, que sofrem com a ausência de programas sociais, e para alguns líderes a gestão da prefeita Belkis Fernandes (PMDB), pontuada pelo descontentamento da população, já é vista com desconfiança pelos próprios vereadores da base aliada na Câmara Municipal, que por dois mandatos saíram perdendo na eleição da mesa diretora.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.