sexta, 21 de junho de 2024

Peça, Por um Futuro Sustentável, percorre 30 municípios

Da redação

Começa nesta segunda-feira (29) mais uma temporada de apresentações da peça teatral “Por um futuro sustentável”, que percorrerá 30 municípios paulistas e paranaenses da Bacia do Paranapanema. Com uma temática ambiental, o espetáculo tem como público-alvo crianças de 8 a 12 anos e no primeiro dia contempla os estudantes da rede pública de Palmital e Ibirarema. Na terça-feira, 1º de março, é a vez dos alunos de Salto Grande.

A peça é realizada por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério Federal, com parceria entre a companhia Ciência Divertida e as secretarias municipais de Educação e de Cultura, além do patrocínio da Duke Energy.

Em Palmital a apresentação será às 8h30, no Centro Cultural “Antonio Silvio Cunha Bueno”, que tem capacidade para 150 pessoas. “Esperamos que o espetáculo ‘Por um futuro sustentável’ venha agregar mais informação e reforçar a conscientização das crianças sobre a importância de cuidar dos recursos naturais e do planeta. Recebemos mais esta atração da Duke Energy com muita satisfação e alegria”, diz a secretária municipal de Educação e Cultura, Geane Cristina da Silva Amorim.

Para ela, atividades lúdicas como brincadeiras, teatro e músicas contribuem para a construção do conhecimento na educação infantil.

No mesmo dia, os atores se deslocam até Ibirarema para a segunda apresentação, às 14h, na Escola Municipal Professora Augusta Novaes Coronado. Já na terça-feira, às 8h30, o evento reúne alunos da rede pública de Salto Grande na Escola Municipal Professora Thereza Favali Pocay. 

Conhecimento – De acordo com André Guimarães, da área de Relações Institucionais da Duke Energy, a atividade visa proporcionar conhecimento de forma interativa e dinâmica. “A peça apresenta como funciona uma usina hidrelétrica. As crianças aprendem o princípio da geração dessa energia limpa e renovável com a ajuda de uma maquete, o que facilita o entendimento”, afirma.

Ainda com a participação dos estudantes, o espetáculo de 60 minutos aborda também a importância de preservar os recursos naturais e o consumo consciente da água. 

Sinopse – Em síntese, a história da peça “Por um futuro sustentável” é contada por um cientista maluco que, perdido no espaço, volta do futuro para prevenir a humanidade sobre os problemas que ele viu. Para tanto, anuncia que as pessoas precisam mudar seus hábitos de consumo na atualidade.

Assim, as crianças são convidadas a se transformarem numa máquina “sustentável” e aprendem a identificar a origem das reservas naturais e como o uso delas afeta o planeta Terra e as florestas.

Sobre a Ciência Divertida – Criada na década de 90, na Espanha, com a missão de transformar a ciência em um jogo no qual as crianças descobrem e experimentam o mundo de forma lúdica e divertida, a Fun Science – Ciência Divertida – está presente em 37 países com 146 escritórios ao redor do mundo, por um sistema de franchising internacional. A proposta é estimular as crianças a descobrirem a ciência por meio de oficinas recreativas, permitindo a elas aprender e se divertir ao mesmo tempo, através dos experimentos científicos. Os ‘cientistas malucos’ propõem de forma teatralizada, oficinas interativas para o público de 4 a 17 anos. Conheça mais em www.cienciadivertidarbrasil.com.br ou www.teatrodivertidoitinerante.com.br

A Duke Energy Brasil opera e administra oito usinas hidrelétricas instaladas ao longo do rio Paranapanema e duas pequenas centrais hidrelétricas no rio Sapucaí-Mirim, com um total de 2.274 megawatts (MW) de capacidade instalada. Em 2014, a companhia gerou 11,2 milhões de MWh, energia suficiente para abastecer 5,6 milhões de famílias ou 22 milhões de habitantes. Com cerca de 300 empregados no país, a Duke Energy Brasil representa o maior investimento internacional da norte-americana Duke Energy Corp.,a maior companhia de serviços públicos dos Estados Unidos.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.