sábado, 20 de julho de 2024

POLÊMICA: Governo propõe apenas duas matérias no ensino médio: português e matemática

Publicado em 03 mar 2018 - 08:10:16

           

Alexandre Mansinho

Versão preliminar da Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio traz uma mudança polêmica – apenas duas matérias terão lugar exclusivo no currículo: Língua Portuguesa e Matemática. As outras disciplinas, que hoje são ministradas de forma separada na maioria das escolas, serão trabalhadas em forma de áreas. Isso não significa que não haverá mais Geografia, História, Filosofia, Sociologia, Física, Química, Biologia, Educação Física e Inglês; a proposta é que os conteúdos dessas disciplinas sejam trabalhados de forma integrada, por áreas de conhecimento.

Ainda não se sabe o que isso vai produzir na prática cotidiana nas salas de aula pois cada estado de federação terá o direito de implementar essas mudanças da forma que melhor convier.

O QUE É O ENSINO POR ÁREAS?

Atualmente já existem escolas que aboliram os rótulos e norteiam os trabalhos apenas por grupo de conteúdos – os professores continuam ministrando as aulas de forma separada, mas há um diálogo maior entre as disciplinas. Essa é uma tendência mundial, conforme o documento do MEC justifica.

Apesar de soar estranha em um primeiro momento, essa organização já estava prevista no Novo Ensino Médio, de acordo com o MEC e o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). Nela, Língua Portuguesa e Matemática são as únicas disciplinas obrigatórias, e as demais estão inseridas nas áreas de conhecimento (quatro, ao todo), de maneira interdisciplinar, que pautarão os chamados “itinerários” de aprendizagem que os estudantes deverão escolher. 

“A Base do Ensino Médio continua o que a Base da Educação Infantil e do Ensino Fundamental fizeram até aqui. Essa continuidade pode ser vista nas 10 competências que esperamos dos alunos”, diz Wisley João Pereira, coordenador geral do Ensino Médio do MEC. Outras apresentações no site do Consed indicam as competências específicas esperadas para cada área de conhecimento.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.