quinta, 13 de junho de 2024

“Por Um Futuro Sustentável” alcança mais de 6 mil expectadores

Assessoria de Comunicação

A peça teatral “Por um futuro Sustentável” encerrou sua segunda temporada na região da Bacia do Paranapanema. De acordo com o balanço divulgado hoje (23) pela trupe Ciência Divertida, do dia 29 de fevereiro até 18 de março foram percorridas 30 cidades paulistas e paranaenses, alcançando um público de 6.634 estudantes das redes municipais de ensino. Em 2015, em sua primeira temporada, a peça patrocinada pela Duke Energy já havia visitado 40 municípios nos dois Estados, onde foi apresentada a mais de 7 mil espectadores.

O projeto é realizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério Federal, com parceria entre a companhia Ciência Divertida e as secretarias municipais de Educação e de Cultura, contado com patrocínio da Duke Energy. Com uma temática ambiental, “Por um futuro sustentável” é destinada a crianças de 8 a 12 anos, com o objetivo de proporcionar conhecimentos sobre ciências, de forma interativa e dinâmica. 

Com a participação dos alunos, o espetáculo de 60 minutos apresenta o funcionamento de uma usina hidrelétrica e aborda a importância do consumo consciente da água e da preservação dos recursos naturais. “É uma temática importante e ficamos gratificados em contribuir para levá-la até as escolas por meio do teatro, uma maneira divertida e envolvente de ensinar e aprender”, comenta André Guimarães, da área de Relações Institucionais da Duke Energy. 

Sobre a peça

“Por um futuro sustentável” é contada por um cientista maluco que volta do futuro para prevenir a humanidade sobre os problemas ambientais, alertando para a necessidade de mudarmos os atuais hábitos de consumo. Ao longo da peça, as crianças são convidadas a se transformarem numa máquina “sustentável”. Assim, identificam a origem das reservas naturais e verificam como a exploração abusiva afeta o equilíbrio do planeta.

Ciência Divertida

Criada na década de 90, na Espanha, com a missão de transformar a ciência em um jogo no qual as crianças descobrem e experimentam o mundo de forma lúdica e divertida, a Fun Science – Ciência Divertida – está presente em 37 países com 146 escritórios ao redor do mundo, por um sistema de franchising internacional. A proposta é estimular as crianças a descobrirem a ciência por meio de oficinas recreativas, permitindo a elas aprender e se divertir ao mesmo tempo, através dos experimentos científicos. Os ‘cientistas malucos’ propõem de forma teatralizada, oficinas interativas para o público de 4 a 17 anos. Conheça mais em www.cienciadivertidarbrasil.com.br ou www.teatrodivertidoitinerante.com.br

A Duke Energy Brasil opera e administra oito usinas hidrelétricas instaladas ao longo do rio Paranapanema e duas pequenas centrais hidrelétricas no rio Sapucaí-Mirim, com um total de 2.274 megawatts (MW) de capacidade instalada. Em 2014, a companhia gerou 11,2 milhões de MWh, energia suficiente para abastecer 5,6 milhões de famílias ou 22 milhões de habitantes. Com cerca de 300 empregados no país, a Duke Energy Brasil representa o maior investimento internacional da norte-americana Duke Energy Corp.,a maior companhia de serviços públicos dos Estados Unidos.

 

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.