quinta, 23 de maio de 2024

Procurador aborda o comprometimento no ambiente de trabalho a servidores da SAE

Assessoria de Comunicação

 

O Procurador da República em Ourinhos, Antônio Martins Manvailer abordou o tema “Compromisso e Comprometimento” em palestra destinada aos servidores da SAE, na manhã de quinta-feira (09), no auditório da autarquia.

Antônio foi recepcionado por diretores e pelo Superintendente da SAE – Superintendência de Água e Esgoto de Ourinhos, Inacio J.B Filho e se apresentou para público de 40 pessoas. Ao desenvolver o assunto o Procurador apontou as diferenças entre o funcionário comprometido do compromissado, e ressaltou os prejuízos desencadeados por uma pessoa descompromissada.

“Só que o compromissado não gostaria de ser tratado com descompromisso, então temos que ser coerentes. Temos que no mínimo, fazer o que gostaríamos que fizessem com a gente”, afirmou o procurador

 

Veja abaixo os destaques da palestra:

O Compromissado assume o que se propôs a fazer. É assíduo e pontual, requisitos importantes na vida de um servidor público. Ele cumpre seu papel para não ser repreendido ou prejudicado. Mas o comprometido vai além. Vai tentar não faltar, nem chegar fora do horário porque sabe que isso pode comprometer a missão da instituição que ele pertence. O comprometido tem uma visão mais elevada. É mais idealista, consegue ir além, consegue ser necessário.”

“Só que o compromissado não gostaria de ser tratado com descompromisso, então temos que ser coerentes. Temos que no mínimo, fazer o que gostaríamos que fizessem com a gente.”

Servidores da SAE durante a palestra

 

“O descompromissado geralmente acha que assumir essa postura é uma vantagem. Muitas vezes vai sair pela tangente em situações difíceis e desconfortáveis. Mas pode ter certeza que uma pessoa descompromissada será esquecida tanto nas horas ruins, quanto nas horas boas também, quando surgir uma boa oportunidade, por exemplo. O risco que ele corre em não se envolver em situações desgastantes vale a pena ser corrido para que ele não caia no esquecimento. Corpo mole não é vantajoso.”

“Se arrisque por coisas honrosas, só se vive uma vez. Qual o legado que você quer deixar? Não podemos achar que somos apenas uma peça na engrenagem. Olhe para o maior, se faça necessário, deixe uma marca positiva na vida das pessoas.”

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.