terça, 18 de junho de 2024

Professora da Orquestra Santa Cruz faz curso do método Suzuki

Da redação

Há 15 anos no ramo da música, a professora de violino do projeto Orquestra Santa Cruz, Carline Adrião sabe a importância de se atualizar para transmitir novas técnicas aos alunos. Entre os dias 6 e 9 de março, Carline participou do curso do método Suzuki, na cidade de Oriente.

Ao todo são dez métodos e a professora participou do primeiro módulo. O curso foi ministrado pelo professor argentino Eduardo Luduenã. Entre os itens expostos no curso a serem aplicados nas aulas do projeto estão questões de técnica, divisão de arco, entre outros.

Para Suzuki, o horário de estudos dos alunos deve ser encarado como forma de entretenimento pelas crianças e jovens. Aliás, Shinichi Suzuki demorou mais de dez anos para lançar o primeiro método, pouco após a segunda guerra mundial. Na época a intenção era proporcionar entretenimento para que o público infantil se afastasse do negativismo imposto pela guerra.

O objetivo do método é tentar envolver o estudante com a música da mesma forma que ele se envolve com a linguagem quando está aprendendo a falar. Até mesmo por isso, Shinishi Suzuki passou a vida provando que a capacidade não é inata e que o talento pode ser desenvolvido. 

Aos 29 anos, Carline se diz apaixonada pela música e ao fato de poder transmitir este conhecimento às crianças. Além do Projeto Orquestra Santa Cruz, Carline, que tem por característica a atenção e paciência com os alunos, também atua no Centro Cultural de Ourinhos. 

“Sou apaixonada por estas crianças, nossa relação é de respeito e aprendo muito com eles também”, conta.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.