sexta, 19 de julho de 2024

Quando a biblioteca não é lugar de silêncio

Publicado em 11 dez 2017 - 06:49:02

           

Eduarda Schuh

O ano foi marcante para a Biblioteca Tristão de Athayde. De uma beleza e clima estonteante, o novo prédio e a nova composição desde o ano passado, além de trazerem encanto aos olhos, é um espaço de lindos projetos.

Criados pelos funcionários da própria Biblioteca, os projetos em destaque realizados em 2017 foram: Lê No Ninho, Roda de Prosa e Oficina de Escrita Criativa.

Lê No Ninho – O projeto teve início na Biblioteca Tristão de Athayde no ano de 2016 e em 2017 cresceu ainda mais. Destinado a crianças de seis meses aos quatro anos, é uma iniciativa do Governo do Estado, procurando visar, com a participação dos pais ou responsáveis, o aumento da relação de afeto, o hábito de leitura e contação de histórias. Durante todo o ano, em dois sábados do mês, o projeto tem sido desenvolvido na Biblioteca. 

O Lê No Ninho é coordenado pela agente cultural Silvia Velo, que conduziu o projeto e atingiu encantadores resultados.

Roda de Prosa – O projeto desenvolvido pela Professora Lia Ferrer com o objetivo de integrar diferentes pessoas com o interesse em comum de trocar saberes, teve início este ano na Biblioteca Tristão de Athayde. A partir de uma roda de leitura, nos dias em que o projeto foi realizado durante o ano, surgiram bate papos dos mais variados assuntos, proporcionando aos participantes a troca de experiências ao desfrutar de um café da tarde e passar um tempo juntos.

Segundo a professora, os resultados foram incríveis e a interação garantida, além de muito espontânea.

Oficina de Escrita Criativa – Este projeto teve início no mês de outubro e reuniu uma turma de escritores anônimos. A professora Lia Ferrer, com sua grande e sensível bagagem literária, ensina e instiga as habilidades para a escrita de quem passa pelo projeto. Os alunos, além de aprenderem o caminho da escrita, compartilham de seus pensamentos e ideias com quem participa da oficina e ali, têm a oportunidade de conhecer e reconhecer belos textos.

Com o objetivo de desmistificar e desenvolver a capacidade de escrita dos participantes, esta oficina, em muito pouco tempo, obteve resultados encantadores e muito bem produzidos. Uma vez por semana, na terça-feira à noite, a turma vem se reunindo para as aulas da oficina.

A Biblioteca Tristão de Athaíde está na Av. Rodrigues Alves, 141 – Centro.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.