quinta, 18 de julho de 2024

Rede de Supermercados Avenida é comprada por empresa de São Paulo

Publicado em 17 jun 2022 - 21:21:56

           

A transação também envolveu a Casa Avenida Transportes, empresa que faz o transporte de cargas para os supermercados

 

Da redação

 

A Rede de Supermercados Avenida foi comprada pela Pátria Private Equity IV Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia (Pátria Investimentos), com sede na capital paulista. Segundo publicação do Valor Econômico, do Grupo Globo, o negócio foi fechado no mês de maio e já comunicado ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). O valor não foi divulgado.

 

A transação também envolveu a Casa Avenida Transportes, empresa que faz o transporte de cargas para os supermercados. Não há informação sobre os cinco postos de combustíveis.

A Rede Avenida foi fundada em 1947 por Durvalino Binatono, no município de Assis, e atualmente tem 20 lojas instaladas em 11 cidades paulistas. Em Ourinhos são três unidades – Duque de Caxias, Recanto dos Pássaros e Camerlingo Caló – e um posto de combustível.

Segundo informações da empresa, a Rede Avenida emprega formalmente 2.500 pessoas, e é uma das 20 maiores varejistas de alimentos no estado de São Paulo. No ano de 2021, o faturamento do grupo alcançou R$800 milhões.

A Pátria Investimentos já controla a cadeia Boa Supermercados, de Jundiaí (SP), com 13 lojas. Outro negócio pertencente à gestora é a rede Superpão (30 unidades) em Guarapuava-PR e Santa Catarina. Os Supermercados Germânia, de São Bento do Sul (SC), com seis pontos, e a Tiscoski Distribuidora, em Forquilhinha (SC) também são administrados pela Pátria.

O faturamento bruto da Avenida, Irmãos Boa, Germânia e Superpão levam a um negócio de varejo com vendas brutas anuais de cerca de R$ 3 bilhões. Isso coloca a Pátria Investimentos mais próximo da 20ª posição do ranking anual de supermercados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

(JORNALBIZ.COM – Bernardo Fellipe Seixas, com informações do Valor Econômico)

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.