quinta, 18 de julho de 2024

Ricardo Madalena e Geraldo Alckmin se reúnem e definem grupos para os testes da pílula do câncer

Publicado em 02 fev 2016 - 04:21:35

           

Da redação

O deputado estadual Ricardo Madalena, o pesquisador e Prof. Gilberto Chierice e Prof. Salvador Claro Neto estiveram na quinta-feira, 28, reunidos com o governador Geraldo Alckmin e o secretário do Estado da Saúde, David Uip, para definir novas ações para os primeiros testes da fosfoetanolamina no estado de São Paulo.

Também participaram do encontro o deputado federal Lobbe Neto, deputado estadual Roberto Massafera, prefeito de São Carlos Paulo Altomani e o secretário da Saúde de São Carlos Marcus Petrilli.

Na reunião ficou definido que serão criados 10 grupos com 21 pacientes em cada um desses grupos. Para que os testes sejam iniciados de imediato, o governo estadual aguarda apenas um parecer do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa, órgão ligado ao Ministério da Saúde.

Além disso, Geraldo Alckmin confirmou na reunião que os testes da pílula do câncer no estado de São Paulo serão feitos a partir da fase II. O governador entende que a fase I, que trata dos primeiros estudos em seres humanos em pequenos grupos de pessoas voluntárias, já vem sendo realizada há 25 anos pelo Prof. Dr. Gilberto Orivaldo Chierice com sucesso junto a pacientes.

Já a produção para os testes da fosfoetanolamina ficará entre os Laboratórios PDT Pharma, de Cravinhos e Cristalina, de Itapira.

Ainda na reunião, o secretário de Saúde, David Uip, informou que o oncologista Dr. Paulo Marcelo Gehm Roff entrará em contato com o diretor do Hospital do Câncer de Ourinhos Dr. Monzillo, para avaliar se o hospital está apto a realizar os testes da fosfoetanolamina, conforme solicitação do deputado Ricardo Madalena. O Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo) e o AC Camargo Câncer Center também serão responsáveis pelos testes.

O deputado estadual Ricardo Madalena, que é pioneiro na luta para que a fosfoetalonamina seja reconhecida pela Anvisa, comemorou o avanço em mais uma etapa para o início dos testes clínicos da substância no estado de São Paulo. “A reunião mostrou mais um grande avanço e temos a esperança que os testes iniciem no mês de fevereiro. O governo está demonstrando empenho e vem cumprindo todas as etapas legais para que, em breve, essa substância seja reconhecida pela Anvisa e passe a ser fabricada e prescrita pelos médicos, para se tornar uma esperança de vida aos pacientes que sofrem dessa enfermidade”.

Visita – Ainda no dia 28 pela manhã, após reunião com o secretário David Uip, o deputado estadual Ricardo Madalena visitou o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo onde conheceu toda a estrutura e os laboratórios onde serão realizados os testes e laboratórios.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.