quarta, 17 de abril de 2024

Secretaria de Educação orienta pais sobre o novo material didático da rede municipal

O estado atrasou a entrega do conteúdo físico, mas profissionais afirmam que está tudo disponível em plataforma digital

 

Marcília Estefani

 

Pais de alunos da Rede Municipal de Ensino têm questionado profissionais da educação sobre a entrega do material didático físico aos alunos regularmente matriculados, que já deveria ter sido entregue no início do ano letivo pelo governo do estado de São Paulo, uma vez que o mesmo não será mais fornecido pelo Sesi-SP.

A Secretaria Municipal de Educação da cidade esclareceu na última quarta-feira, 17 de maio, que o problema tem sido enfrentado por diversas cidades do estado, que estabeleceram convênio com o Governo do Estado de São Paulo, e que o material só deve ser entregue no 2º semestre deste ano.

A secretaria informou ainda, que até que chegue o material físico, professores, pais e alunos podem acessar o material didático através da plataforma digital disponível na internet.

“O conteúdo está disponível digitalmente desde o início das aulas, é de fácil acesso, não precisa de cadastro, qualquer um pode entrar, baixar e estudar, até mesmo de casa”, informou a equipe de educação.

 

 

Segundo o secretário de educação Lucas Suzuki, não haverá prejuízo para as crianças, uma vez que as escolas estão preparadas para garantir o devido acesso a todos os alunos. Ressalta que as salas de aula estão todas equipadas com tv de 65 polegadas, notebooks conectados à internet, assegurando o bom acompanhamento durante as aulas, e que se houver necessidade de impressão do material, será feito na própria escola.

 

Professoras esclareceram a população sobre a plataforma digital

 

Ainda segundo as professoras da rede, todos os notebooks utilizados nas unidades escolares possuem o material baixado em pdf e no caso de uma falta de sinal de internet, é possível projetar o conteúdo nas tv’s.

 

Todos os notebooks da rede possuem o material em pdf

 

Veja vídeo explicativo na íntegra:

 

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.