sexta, 01 de março de 2024

Servidores da Prefeitura de Ourinhos são exonerados na terça-feira, 15, por suspeita de fraude

Duas pessoas foram exoneradas, de acordo com o Diário Oficial

Letícia Azevedo

Na tarde da última terça-feira (15), a notícia sobre a exoneração de alguns cargos da Prefeitura Municipal correu pela imprensa ourinhense. O fato se deu por conta de alguns desses servidores terem realizado empréstimos consignados de maneira fraudulenta. Esses servidores teriam utilizado documentos falsos para a contratação dos empréstimos junto a uma Instituição Financeira.

A Prefeitura Municipal divulgou uma nota explicativa a respeito do caso, onde afirma que as operações bancárias envolvendo servidores e um banco da cidade visando empréstimos consignados foi detectada pela Secretaria Municipal de Administração, e que os servidores do Recursos Humanos da Prefeitura foram exonerados.

De acordo com a nota, será aberta também sindicância para apurar em que circunstâncias os servidores envolvidos contraíram os empréstimos consignados, e caso algum tipo de irregularidade seja apurada, as medidas cabíveis serão adotadas. Um oficio será encaminhado também ao banco para apuração e para que adotem as medidas que julgarem necessárias.

A administração ressalta ainda que não há qualquer prejuízo à Prefeitura de Ourinhos, já que a responsabilidade pela quitação dos empréstimos é dos funcionários. Porém, que as atitudes foram adotadas pela municipalidade por não consentir com possíveis vícios em processos administrativos.

Segundo divulgado no Diário Oficial do Município, os servidores Marilia Gabriela Nadjha Mendes Silva Jardim e Rodrigo Roberto José de Luscenti estão exonerados a partir do dia 15 de outubro.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.