segunda, 27 de maio de 2024

Uso permanente de correntes em animais domésticos é proibido em Ourinhos

Projeto de Lei da vereadora Nilce Protetora dos Animais foi aprovado por unanimidade em Sessão da última segunda-feira

 

Da redação

 

Uma grande vitória para a causa animal ocorreu na última segunda-feira, 11/3, na Câmara de Ourinhos. Foi aprovado por unanimidade o Projeto de Lei nº 102/21 de autoria da vereadora Nilce Araujo Garcia, a Nilce Protetora dos Animais, que proíbe o uso permanente de correntes em animais domésticos no município.

A vereadora comemorou e agradeceu o apoio. “Esse Projeto é um sonho meu e de todas as pessoas que amam os animais nesta cidade, que conhecem a nossa luta. Todo animal precisa ter sua dignidade preservada e fui eleita para libertar os animais”.

 

 

O objetivo principal da Lei da vereadora Nilce é evitar os maus-tratos aos animais. Segundo o Projeto de Lei, fica proibido manter o animal preso permanentemente em correntes, independente de sua dimensão ou em qualquer instrumento que limite sua locomoção, privando-o de liberdade e bem-estar.

“Importante ressaltar que será permitido o uso de guias e coleiras de forma temporária e segura, como no caso de passeios, visitas ao veterinário, pet shops, etc”, explicou.

Nilce mostrou várias fotos de animais em correntes extremamente machucados e com saúde debilitada. “Temos que ter responsabilidade com os animais, se não pode cuidar, se não aceita como os animais se comportam, então não tenha”.

Ainda de acordo com o Projeto de Lei, quem descumprir a nova regra será multado e o valor será revertido para os programas de bem-estar animal do município.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.