fbpx

terça, 19 de outubro de 2021

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Abertura de pequenos negócios cresce em 35% no primeiro semestre

Segundo o levantamento do Sebrae, entre a abertura das novas pequenas empresas, as MEIs são o destaque

 

Da assessoria

 

“O ano que vem pode ser um ano e tanto para os empreendedores, que só crescem no Brasil e em Ourinhos”. É o que ressalta o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos (ACE), Robson Martuchi, após a divulgação dos dados da Receita Federal que aponta o nascimento de 2,1 milhões de pequenos negócios no primeiro semestre deste ano. A estatística é de 35% a mais que o mesmo período do ano passado.

 

Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos (ACE), Robson Martuchi

 

De acordo com o presidente, “o crescimento do número de empresas confirma a teoria de que o empreendedorismo tem sido a solução ou uma alternativa de renda. Tanto para os brasileiros que perderam os empregos como para os que enxergaram na pandemia a oportunidade de tirar o sonho do papel”, sintetizou.

O outro dado da pesquisa do Sebrae, foi o aumento de microempreendedores individuais (MEI) e de micro e pequenas empresas no mesmo período, sendo que o maior incremento está entre as microempresas. O registro é de 276,1 mil para 390,1 mil, um incremento de 46%.

Entre as MEIs, que correspondem 68% dos 18,4 milhões de pequenos negócios, o aumento foi de 33% totalizando 2,1 milhões de negócios formalizados no período referido do levantamento.

Por fim, em relação as empresas de pequeno porte houve a evolução de 26%. Um dado de 84,6 mil de aberturas empresariais contra 67,2 mil no primeiro semestre de 2020, é o maior resultado desde os dados do mesmo período de 2016.

 

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.

×

Olá

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp ou envie um e-mail para [email protected]

×