quarta, 08 de julho de 2020

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Área aberta no Santos Dumont é usada para descarte irregular de lixo

O local, logo no início da Estrada da Guaraiuva é ponto para descarte de todo tipo de inservíveis

 

 

Marcília Estefani

 

 

Trecho no início da Estrada da Guaraiuva, no Jardim Santos Dumont, tem sido usado para descarte de lixo de toda natureza. Segundo informações de moradores do local, é comum observar veículos chegando e descartando ali todo tipo de inservível.

A reportagem do Jornal Negocião esteve no local na quarta-feira, 20, uma área aberta na beira da estrada, ao lado do depósito de galhadas da prefeitura, onde é possível encontrar desde restos de construção, móveis, garrafas de vidro, lixo reciclável, restos de roupas, galhadas, e até animal morto.

 

 

Segundo Sr Rubens Haupt, morador das imediações, as pessoas chegam ali no final da tarde ou até a noite e despejam o lixo sem a menor culpa, mesmo quando o local está limpo. “É muito lixo que o pessoal joga aqui, tá muito feio, tudo dá aqui, é rato, pernilongo, mosquito, cobra. A prefeitura limpa, passa a máquina aqui, mas o povo suja tudo de novo, e isso tem incomodado muito a gente, é muito lixo”.

 

 

No local também é comum acontecerem queimadas, que além de representar um problema ao meio ambiente, pode se transformar em um incêndio de grandes proporções e se torna uma questão de saúde pública, visto que a fumaça é prejudicial e causa problemas respiratórios em crianças e adultos, sem falar na sujeira e cheiro forte que fica impregnado nas roupas e no interior das casas.

 

 

PREFEITURA – Em contato com a Prefeitura, o Secretário do Meio Ambiente e Agricultura, Maurício Amorosini, informou que o problema deste descarte irregular já chegou ao conhecimento da administração, e por conta disso foi desenvolvido um projeto chamado ‘Ecoponto” que tem como objetivo adequar o espaço para receber este tipo de material e fazer a destinação adequada.

“Este projeto estava em fase de finalização e início de implantação, mas com a pandemia foi temporariamente paralisado. Logo que tudo volte ao normal será implantado o ecoponto na área em questão e em outros pontos da cidade. Enquanto isto a prefeitura está fazendo a limpeza periódica do local para tentar diminuir a problemática”, declarou o secretário.

Até o fechamento desta edição, ao meio dia da sexta-feira, 22, nada havia mudado no local, com exceção da quantidade de lixo que aumentou.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.