fbpx

quarta, 08 de dezembro de 2021

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Biomedicina UNIFIO parabeniza seus alunos e profissionais biomédicos pelo seu dia

Dia 20 de novembro comemora-se o Dia do Profissional Biomédico

 

Rose Pimentel Mader

 

O Dia do Biomédico é comemorado anualmente em 20 de novembro, no Brasil. A data homenageia o profissional da saúde que trabalha em parceria com os médicos para descobrir diagnósticos, através de análises físico-químicas e microbiológicas laboratoriais, atuando no tratamento de doenças que acometem o saneamento do meio ambiente, podendo ainda atuar profissionalmente em mais de trinta campos de habilitações.

Alunas do primeiro ano de Biomedicina em atividades de extensão

 

A data foi criada pelo Decreto de Lei nº 11.339, de 3 de agosto de 2006 que institui o dia 20 de novembro como Dia Nacional do Biomédico e foi escolhida, pois faz referência ao dia em que a profissão foi finalmente regularizada no país, através do Projeto de Lei nº 6.684 de 3 de setembro de 1979. De acordo com o coordenador do Curso de Biomedicina do Centro Universitário UNIFIO, o Biomédico, Professor Dr. Luciano Gatti, o campo de atuação do biomédico, vai muito além das Análises Clínicas Laboratoriais, podendo abranger, Perfusão ExtraCorpórea, Banco de Sangue, Reprodução Humana, Diagnóstico por Imagem, Fisiologia do Exercício Físico, Monitoramento Neurofisiológico, Biomedicina Estética, entre outras várias habilitações. Para exercer o cargo de Biomédico é obrigatório ter cursado uma graduação em Biomedicina, como a oferecida pelo Centro Universitário das Faculdades Integradas de Ourinhos – UNIFIO, sendo que a atuação profissional é regulamentada e fiscalizada pelos Conselhos Regionais de Biomedicina (CRBM).

Alunas do segundo ano em atividade laboratorial

 

O coordenador do curso, Dr. Luciano Gatti acrescenta que pelo profissional ter uma diversidade de possibilidades de habilitações, o campo de trabalho se torna extremamente vasto, podendo o profissional se especializar e se habilitar em diferentes áreas de acordo com suas aptidões profissionais e especializações.

Luciano Gatti explica que para escolher atuar na profissão, é preciso, sobretudo, gostar de estudar, ter interesse pelo novo e buscar sempre se aprimorar. Segundo Gatti, todas as áreas da Biomedicina que atuam com tecnologia serão sempre requisitadas, tais como gestão, empreendedorismo e inovação, Diagnóstico Molecular e Bioinformática. Isso porque as novas demandas do século XXI exigem profissionais qualificados para pesquisas clínicas e diagnósticos complexos, que requerem a utilização de plataformas e bancos de dados gigantescos.  Ele aponta também para a Biomedicina estética, que é uma das áreas que será muito demandada e um dos motivos para a grande procura se deve principalmente à curva de envelhecimento da população e a busca cada vez maior por procedimentos estéticos e melhora na autoestima.

Aluno do terceiro ano em estágio supervisionado

 

“O futuro para essa área também é promissor, por sempre haver muita inovação nos produtos e técnicas, despertando assim o interesse cada vez maior das pessoas. Essa é a nossa missão, fazer a diferença a serviço da saúde e da ciência. A Biomedicina é mais que uma profissão, mais que um trabalho, mais que um registro profissional, é uma forma de ver, encarar e reagir para o mundo, comprometida com a VIDA, em todos os seus aspectos. Parabéns a todos os profissionais Biomédicos pelo seu dia”, concluiu Gatti.

Professor Dr. Luciano Gatti, coordenador do Curso

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.

×

Olá

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp ou envie um e-mail para [email protected]

×