quinta, 01 de outubro de 2020

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Especialista mostra em palestra como é possível dirigir sem medo

Coach de trânsito mostra para às pessoas habilitadas ou não, que é possível superar o medo de dirigir

 

Juliana Neves

 

Na sexta-feira, 29, Ourinhos teve a palestra “Dirija sem Medo” da idealizadora Luciana Vidal. O evento foi direcionado para as pessoas que possuem medo de dirigir, não conseguem passar o processo de retirada da habilitação e àqueles que já possuem o documento, mas o medo é maior e desistem.

O objetivo principal foi informar sobre os tipos de medos e instigar as pessoas a enfrentar este sentimento. E provou que é possível ter coragem e superar.

“O segredo da palestra é desmitificar a ideia de que a pessoa acredita que ele tem um problema e ele será para sempre, sem solução. Para superar o medo, precisamos sair da zona de conforto, dar um primeiro passo, pedir ajuda, ser determinados e realmente querer a mudança, pois, às vezes, conquistar os desejos não é fácil. Claro que existe motivos e graus diferentes para ter um medo, pode até ter uma patologia que precisa da ajuda psicológica. Mas não é impossível, desde que ela tenha alguma ajuda para seguir no caminho adequado”, explicou Luciana Vidal.

As pessoas que assistem a palestra já se sentem mais seguras para encarar o medo e no evento foi apresentado um treinamento de atividades para prosseguir com o pensamento e atitude para perder o medo de dirigir.

TREINAMENTO – É um processo de continuidade da palestra com atividades teóricas e práticas para suprimir o medo. O público alvo são pessoas que já possuem habilitação e não dirigem ou aquelas que o sentimento é tão forte que não conseguem dar início ao processo de retirada do documento.

O treinamento é realizado em duas etapas, segundo Luciana: “Quem é habilitado pode participar da fase em grupo e aulas práticas, quem não possui o documento participa de atividades em grupo e depois deve procurar uma autoescola para iniciar a habilitação”, finaliza.

“As pessoas que participam do treinamento, eu vejo que começam a pensar diferente, percebem que o medo é uma insegurança, começam a acreditar em si e enxergam a capacidade que existe dentro delas. Quando você não pratica determinada atitude, fica imaginando coisas sem lógica e só na prática para saber como o trânsito funciona”, finaliza a coach de trânsito.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.