fbpx

quinta, 28 de outubro de 2021

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Exames para detecção de nova variante de Covid começam a ser coletados em Ourinhos

Pacientes em estado grave de COVID-19 terão exames coletados, as amostras serão levadas até o Instituto Adolfo Lutz em São Paulo na próxima semana

 

Da redação

 

Pacientes com Covid-19 internados na Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos, terão material coletado para a realização de exames para detecção da possível variante do coronavírus.

Após o anúncio de que Ourinhos será o primeiro centro de testagem da América Latina, sobre um dispositivo que permitirá a avaliação dos impactos da covid-19 em cada paciente, a pesquisadora Dra. Juliana Floriano conseguiu intermediar que as amostras coletadas pudessem ser analisadas pela também pesquisadora, Dra. Ester Sabino da USP, o que deverá confirmar ou não a existência da nova variante do coronavírus (P1), na cidade de Ourinhos.

 

A bióloga Juliana Floriano, pesquisadora da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu e do Imperial College de Londres

 

 

Serão coletadas também, amostras de pacientes do Hospital Covid e também de pacientes que já vieram a óbito. Segundo a Dra. Juliana, a detecção da possível variante nos pacientes de Ourinhos está voltada a novas políticas de enfrentamento da doença. “Essa é uma nova etapa voltada para a boa gestão. Caso a nova variante seja detectada e esteja circulando na cidade, novas medidas públicas devem ser tomadas, uma vez que o vírus é muita mais contagioso e ele possa ser mais letal”.

As amostras serão levadas até o Instituto Adolfo Lutz em São Paulo na próxima semana.

 

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.

×

Olá

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp ou envie um e-mail para [email protected]

×