fbpx

quinta, 05 de agosto de 2021

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Ministro da Educação faz pronunciamento e defende retorno das aulas presenciais

Milton Ribeiro deixou claro que o Ministério da Educação não pode determinar o retorno presencial das aulas, caso contrário já teria determinado

 

Da redação

 

O ministro da Educação, Milton Ribeiro fez pronunciamento em rede nacional de rádio e TV na noite da terça-feira, 20, quando defendeu o retorno dos estudantes às aulas presenciais nas escolas.

“Quero conclamá-los ao retorno às aulas presenciais. O Brasil não pode continuar com escolas fechadas gerando impactos negativos nesta e nas futuras gerações”, exclamou o ministro.

 

 

 

Segundo Ribeiro, estudos de organismos internacionais mostram que o fechamento de escolas provoca consequências devastadoras para os alunos, como perda de aprendizagem, do progresso do conhecimento e o aumento do abandono escolar.

Ele citou exemplo de outros países que retomaram as aulas presenciais ainda em 2020, quando não se tinha previsão de vacinação, priorizando o uso de máscaras, álcool em gel, distanciamento social, medidas utilizadas mundialmente.

O Ministro ressaltou “O Ministério da Educação não pode determinar o retorno presencial das aulas, caso contrário, eu já teria determinado”.

Milton Ribeiro explicou que a decisão sobre o fechamento e abertura das escolas não é do governo federal e o retorno pode ser feito com restrições sanitárias nas instituições de ensino básico e superior, que a pasta investiu mais de R$ 1,7 bilhão para o enfrentamento da covid-19 nas escolas públicas e que solicitou ao Ministério da Saúde a priorização de todos os profissionais da educação básica na vacinação contra a covid-19.

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.

×

Olá

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp ou envie um e-mail para [email protected]

×