fbpx

quarta, 08 de dezembro de 2021

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Moradora do Jd Ideal sofre com imóvel abandonado ao lado do seu e pede ajuda

Segundo a reclamante a casa virou ponto de tráfico de drogas, de prostituição, além de criadouro de animais peçonhentos

 

Marcília Estefani

 

Uma moradora do Jardim Ideal em Ourinhos, entrou em contato com o Jornal Negocião a fim de pedir ajuda para resolver um problema que já se arrasta há vários anos, e diz respeito a uma casa abandonada ao lado de sua residência, na Rua Laerte Rosa Bulqui, que se tornou ponto de tráfico de drogas, além de criadouro para bichos peçonhentos.

 

Imóvel se encontra aberto e muito sujo (Foto: Arquivo pessoal)

 

Segundo a reclamante, ela mora no bairro há 10 anos, e há 8 anos sofre com o problema. “Tentamos entrar em contato com os donos do local mas eles moram no Japão e não quiseram nem saber da casa”.

A moradora informou ainda que o imóvel é constantemente usado por andarilhos, já virou ponto de tráfico de drogas, casa de prostituição.

 

O imóvel é constantemente usado por andarilhos para diversos fins

 

“A casa está nojenta .. e já tem bichos peçonhentos lá. Através daquela casa roubaram a minha duas vezes e eu cobro sempre um posicionamento, uma ajuda do prefeito, do responsável pelo bairro, ele conversa na prefeitura e nada .. durante a madrugada você escuta as pessoas lá dentro … Já foi esconderijo de droga essa casa e eu tenho um filho de 6 anos, eu não aguento mais”.

 

Segundo a reclamante o imóvel está abandonado há cerca de 8 anos

 

A mulher contou que a prefeitura já foi procurada, que inclusive o presidente da associação do bairro já registrou a necessidade de limpeza e fechamento do referido imóvel por várias vezes. Mais recentemente a prefeitura notificou os donos da propriedade, mas o prazo dado para a limpeza não foi respeitado.

 

Inúmeros pedidos já foram protocolados na prefeitura durante todos esses anos

 

Em janeiro deste ano foi feito um registro on line

 

PreviousNext
Mais recentemente o proprietário do imóvel foi notificado mas não cumpriu o prazo para a limpeza

 

 

O QUE DIZ A PREFEITURA – O Negocião procurou o Secretário do Meio Ambiente, Maurício Amorosini, nesta segunda-feira, 22/11, e o mesmo orientou a denunciante a comparecer até a secretaria com os protocolos já registrados na prefeitura, para que seja aberto um processo novo através do qual será solicitado fiscalização e vistoria no imóvel, seguindo tramitação conforme manda a legislação. Se os proprietários não se manifestarem, não respeitarem os prazos, pode ser solicitada autorização judicial, via procuradoria, para adentrar na propriedade e providenciar a limpeza.

“Em uma primeira análise seria isso, claro precisamos de informações precisas para dar mais informações”, explicou Amorosini que atenciosamente, disse que irá acompanhar o caso.

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.

×

Olá

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp ou envie um e-mail para [email protected]

×