fbpx

terça, 19 de outubro de 2021

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Núcleo de Arte Popular será mantido em Ourinhos, afirma Lucas Pocay

Na Sessão da segunda, 30/8, Coletivo Enfrente pede que reposta do prefeito seja enviada por escrito, pois o fato não foi citado durante a audiência pública do orçamento

 

 

Marcília Estefani

 

 

Durante a 28ª Sessão da Câmara dos Vereadores de Ourinhos, que aconteceu na noite da segunda-feira, 30/8, o Mandato Coletivo Enfrente voltou a questionar a administração pública, em defesa da preservação do Núcleo de Arte Popular, inaugurado em 1996 na gestão do ex-prefeito Claury Alves de Silva.

 

O Núcleo será revitalizado, afirma o prefeito Lucas Pocay

 

O Núcleo está localizado em frente ao Terminal Integrado de Ourinhos, no antigo pátio da ferrovia da Estrada de Ferro Sorocabana, e o local está passando por reformas, que fazem parte de uma grande revitalização realizada pela prefeitura com o objetivo de transformar o local em um centro turístico de lazer.

ENTENDA O CASO – Na noite da segunda-feira, 23/8, durante a 27ª sessão da Câmara Municipal de Ourinhos, estiveram presentes no plenário, representantes e apoiadores da cultura e da arte em Ourinhos, em defesa da preservação do Núcleo de Arte Popular, espaço inaugurado em dezembro de 1996, totalmente voltado ao desenvolvimento cultural da cidade, ameaçado de ser extinto.

 

Artistas e apoiadores da cultura e da arte em Ourinhos no Plenário da Câmara Municipal

 

Com cartazes e frases do tipo “O Núcleo é das artes!”, “O Núcleo é nosso!”, “Reforma sim, desmonte não!”, os artistas mostraram união e deixaram claro suas opiniões e desejos, fortalecendo ainda o movimento e a força coletiva.

O Mandato Coletivo Enfrente apresentou na Câmara o requerimento 1.277/21, pedindo informações sobre o galpão onde se encontra o Núcleo de Arte Popular, que seria lido na próxima Sessão, mas usou seu tempo livre na Tribuna para falar sobre o assunto.

Segundo a vereadora Roberta Stopa “o local está passando por uma reforma, e não se sabe para onde vai o Núcleo de Arte Popular, estão retirando os tablados e algumas outras coisas que são usadas há quase 25 anos pelos grupos que ali trabalham e atendeu tanto a classe artística, e não se sabe o que vai acontecer nesse espaço (…) se for retirado vai acabar com anos de uso criativo, que serviu sempre a cultura, é um patrimônio imaterial da história de ourinhos.

 

REUNIÃO COM O PREFEITO – Após a Sessão, na terça-feira, 24/8, o Prefeito Lucas Pocay chamou alguns artistas e fazedores de cultura para uma reunião, onde ficou acordado que o Núcleo será revitalizado, mas que permanecerá no mesmo local.

“Na terça-feira, 24 de agosto, após repercussão desse movimento e das inúmeras tentativas do Grupo Teatral Soarte em agendar uma reunião para dialogar sobre a atual situação do espaço, o Prefeito Municipal realizou uma reunião com alguns artistas e acordou, inclusive através de live em seu canal, que será cessado o desmonte do espaço e será revitalizado para continuidade da execução das artes no local”, informou o Coletivo.

Ao final da reunião com os artistas, o Prefeito Lucas Pocay fez uma live para divulgar o acordo feito. “Vamos revitalizar o Núcleo, que vai ficar muito bonito e tenho certeza que vai superar as expectativas de todos que estão envolvidos nesta arte”.

 

Leandro Faria, do Grupo Soarte esteve na reunião com o prefeito e secretários

 

Leandro Faria, do grupo Soarte, esteve na reunião e ressaltou que o objetivo dos artistas era manter o núcleo com os fins que ele sempre teve, que foi para oficinas de teatro, ensaios, apresentações. “Acho que a gente conseguiu entrar num consenso bacana para que o espaço continue ser o que ele sempre foi, e que está história, essa memória que ele traz nesses 25 anos de existência, seja preservada”.

 

COLETIVO PEDE POR ESCRITO O QUE FOI ACORDADO E EXPLICA – Na 28ª Sessão, que ocorreu na noite da última segunda, 30/8, a vereadora Roberta Stopa apresentou o seu Requerimento, falou do acordo, e pediu que fosse enviado por escrito o que foi combinado, pois durante audiência pública não foi mencionado nada a respeito do Núcleo.

 

“A gente espera que o prefeito cumpra com a sua palavra”

 

“Após a reunião, o prefeito divulgou que o núcleo seria revitalizado, e que continuaria no mesmo lugar, mas ao mesmo tempo em que estava ocorrendo a reunião com o pessoal da cultura [no gabinete do prefeito], aqui nesta casa estava tendo audiência pública do orçamento, e nesta audiência pública foi apresentado sobre toda a reforma daquela região, das casinhas, da locomotiva, do galpão, e em nenhum momento se falou do Núcleo de Arte Popular e a sua manutenção no espaço onde ele é hoje”.

Roberta ressaltou ainda “a gente espera que o prefeito cumpra com a palavra dele (…) O que a gente quer hoje é esta resposta por escrito”.

 

HISTÓRIA DO NÚCLEO – O Núcleo de Arte Popular, projeto de Sérgio Nunes, foi inaugurado em dezembro de 1996 na gestão do ex-prefeito Claury Alves de Silva, que tinha como secretária de cultura, Neusa Fleury. Foi criado com o objetivo de ser um espaço dedicado para criação de diversas artes, principalmente integrar aulas, ensaios e apresentações de teatro.

O Núcleo é sede das oficinas teatrais da Secretaria e do Grupo Soarte desde sua inauguração, além de ser utilizado por outros grupos de teatro, de dança e música, de receber eventos como a Mostra Sergio Nunes de Artes Cênicas, oficinas do ponto MIS (Museu de Imagem e Som) de São Paulo e oficinas de parcerias com o Proac e o Programa de Qualificação em Artes junto com o Governo do Estado de São Paulo.

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.

×

Olá

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp ou envie um e-mail para [email protected]

×