fbpx

segunda, 20 de setembro de 2021

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Ourinhos capacita professores em projetos esportivos com deficientes

As aulas práticas do curso têm como objetivo, além da aplicação dos conceitos e técnicas, desenvolver os fundamentos básicos e adaptações necessárias para iniciar e dar continuidade ao processo educativo-esportivo

 

Da redação

 

A Secretaria de Esportes enviou 14 professores de educação física para capacitação dentro do Paradens (Programa de Desenvolvimento Paralímpico), projeto desenvolvido pelo governo do Estado que, este mês, está sendo realizado em Marília (SP). A segunda maior delegação de profissionais vai receber ensinamentos teóricos e práticos para poderem trabalhar com deficientes em modalidades esportivas.

Ourinhos possui um dos maiores projetos paralímpicos do Estado. São 14 modalidades exclusivas para deficientes, com cerca de 100 atletas participantes.

 

CAPACITAÇÃO

As aulas práticas do curso de capacitação têm como objetivo, além da aplicação dos conceitos e técnicas, desenvolver os fundamentos básicos e adaptações necessárias para iniciar e dar continuidade ao processo educativo-esportivo em modalidades esportivas individuais e coletivas.

 

INCENTIVO

O Paradens será a base estrutural para o esporte paralímpico, se estendendo por todo Estado de São Paulo. O objetivo do projeto é fomentar e incentivar o esporte paralímpico através de uma iniciativa inovadora com a criação de um mapeamento do Estado, onde se poderá pesquisar sobre a prática de modalidades e locais de treino na sua região e oferecendo suporte e capacitação técnica aos profissionais.

 

MAPEAMENTO

A Secretaria de Esportes mapeará entidades que já tenham prática atual de paradesporto, a fim de homologá-las através dos parâmetros e relatórios previamente definidos e passará a legitimar estas entidades, operando visitas e estudando o seu funcionamento, necessidades e operação.

 

ACOMPANHAMENTO

A homologação seguirá as mesmas regiões da capacitação, porém com o quantitativo mínimo de 20 entidades por região, devendo ocorrer até o final de abril de 2021. As entidades homologadas receberão acompanhamento contínuo do programa além de receber material para incrementar a prática do paradesporto.

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.

×

Olá

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp ou envie um e-mail para [email protected]

×