fbpx

quarta, 27 de outubro de 2021

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Procon Ourinhos ajuda pessoas endividadas se reorganizarem

Os interessados em participar do PAS podem entrar em contato pelo telefone (14) 99659-3586 ou pelo e-mail: [email protected], de segunda a sexta-feira das 8h às 14h.

 

Da redação

 

O Procon Ourinhos passa a integrar o PAS (Programa de Apoio ao Superendividado) a partir desta segunda-feira (3). A unidade foi certificada para o atendimento especializado após a realização de um curso.

COMO FUNCIONA
O programa oferece ao interessado uma reorganização em busca da solução do problema financeiro como um todo, com análise da situação econômica, planilhamento de receita e despesas, renegociação de dívidas e, se necessário, audiência de conciliação de dívidas com os credores.

QUEM PODE PARTICIPAR
Podem participar pessoas físicas maiores de idade que tenham a maior parte de sua renda comprometida por dívidas vencidas ou a vencer, com bancos, cartões de crédito, financeiras e empresas de varejo. Não são atendidas pelo programa as dívidas de multas, indenizações, taxas de condomínio, aluguel, pensões alimentícias, impostos (dívidas fiscais) e parcelas do sistema habitacional.

DICAS PARA NÃO SE ENDIVIDAR
O Procon/SP recomenda comprometer apenas 30% da renda familiar com dívidas de financiamentos e compras parceladas, que incluem: prestação de imóveis, automóveis, crediários, etc. Já que a maior parte dos rendimentos dos assalariados é usada para os custeios das despesas rotineiras de subsistência e, se houver sobra, realizar uma poupança para aquisição de bens ou para questões emergenciais.

ENTRE EM CONTATO
Neste atual momento de pandemia, o Procon Ourinhos não está realizando atendimentos presenciais. Os interessados em participar do PAS podem entrar em contato pelo telefone (14) 99659-3586 ou pelo e-mail: [email protected], de segunda a sexta-feira das 8h às 14h.

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.

×

Olá

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp ou envie um e-mail para [email protected]

×