fbpx

quarta, 27 de outubro de 2021

MAX. º MIM. º
TEMPO:

MÁQUINA DE MORAR: Os desafios da arquitetura institucional

Em sua coluna desta semana, o arquiteto e urbanista fala sobre os desafios de sua carreira

 

Gustavo Gomes

 

Sou arquiteto há 33 anos e trabalho na área há 37. Fiz projetos para inúmeros clientes, dos mais variados tipos. Casa, edifício, loja, consultório, escola, posto de saúde, velório, escritório, restaurante. Além dos projetos urbanos de praças, sistema viário, ciclovia, terminal de transporte, mirante, parque. Isto, sem contar os mais de 100 projetos que orientei como professor universitário, em que estudei e analisei os programas mais abrangentes e variados.

 

Gustavo Gomes atende pelo fone (14) 99762-8432 ou [email protected]

 

Um dos clientes mais difíceis e, portanto, mais interessantes, é o serviço público. Durante 16 anos trabalhei em prefeituras e, neste tempo, projetei muitas edificações.

Porém, um dos projetos mais desafiadores foi uma casa. Uma casa pública, múltipla, que deveria ser acolhedora, agradável e um instrumento social.

 

Projeto de Abrigo para crianças e jovens, em Ourinhos/SP

 

Trata-se do projeto de um abrigo de acolhimento de crianças e jovens, em Ourinhos. Infelizmente, por motivos burocráticos, a obra foi interrompida e eu tive que dar baixa no projeto.

Mas ficou a experiência de trabalhar por uma causa tão importante: dar um sentido de “lar” para pequenos seres humanos que sofrem justamente não conhecerem este conceito.

 

 

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.

×

Olá

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp ou envie um e-mail para [email protected]

×