sbado, 11 de julho de 2020

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Casal ourinhense é preso ao tentar aplicar golpe de extorsão

A vítima, um comerciante de São Pedro do Turvo e sua esposa, foram ameaçados pelos golpistas

 

Marcília Estefani

 

Um casal, ambos moradores de Ourinhos, foram presos na madrugada desta quarta-feira, 24, ao serem flagrados na tentativa de extorquir família de comerciantes estabelecidos em São Pedro do Turvo. A dupla ameaçava matar um dos familiares e metralhar a casa, caso não lhes fosse pago a quantia de R$ 10.000,00.

F.E.F., 35 anos, motorista, morador da Rua Arlindo Belei, no Jd Itamaraty, e E.C.S., 45 anos, manicure, residente na Rua Caetano Pereira, Jd São Carlos, realizaram uma  ligação ao comerciante P.R.O., 61 anos, residente em São Pedro do Turvo, exigindo o pagamento de R$ 10.000,00 para que sua filha não fosse morta.

Como a vítima afirmou que não possuía o valor, os golpistas negociaram a quantia de R$ 2.054,00 que teria que ser entregue de imediato, ameaçando mais uma vez matar a moça e ainda metralhar a casa da família.

A esposa do ameaçado conseguiu contato com a filha, verificando que ela estava em sua casa e em segurança, momento em que também o filho tomou conhecimento dos fatos, porém as ameaças continuaram no sentido de metralhar a casa.

Acionada, a polícia foi até o local e conseguiu abordar o casal de golpistas no momento em que foram buscar o resgate, conforme combinado com a vítima.

Os policiais observaram quando o veículo VW/Voyage, que já havia passado pelo local duas vezes, estacionou em frente a casa, e quando a mulher desceu para pegar o dinheiro do idoso, momento em que surpreenderam a dupla de golpistas.

Dentro do carro usado na ação, a equipe encontrou também nove porções de cocaína, máquinas de cartão de crédito, um tablet, dois celulares, cartão de terceiro, que foram apreendidos, bem como o veículo.

A ocorrência foi registrada na Central de Polícia Judiciária de Ourinhos, e os acusados autuados em flagrante por extorsão e tráfico de drogas, sendo levados para a Cadeia de São Pedro do Turvo, onde ficarão à disposição da Justiça.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.