fbpx

segunda, 20 de setembro de 2021

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Confusão no Condomínio Moradas termina com três pessoas presas por tráfico de drogas e veículos danificados em colisão

Ao perceber a presença da polícia, casal não obedece a sinal de parada e é perseguido dentro do residencial

 

Marcília Estefani

 

Casal foi preso em flagrante no Condomínio Moradas após desobedecer a ordem policial e colidir contra dois veículos. Mais um indivíduo, morador do residencial foi preso, todos acusados de tráfico de drogas.

Por volta das 18h00 da quarta-feira, 4/8, policiais da Força Tática, em patrulhamento pelo Jardim Itamaraty avistaram um veículo Fox conduzido por L.F.V., 24 anos, morador do Pacheco Chaves, já conhecido nos meios policiais por envolvimento com o tráfico. Ao avistar a viatura, o rapaz levantou o vidro do carro, desobedecendo ordem policial de parada e adentrando rapidamente no condomínio.

Em posse de informações de que o indivíduo faria uma entrega de droga no local, os policiais acompanharam o veículo por algumas ruas, sendo que ao acessar a Rua das Rosas, L.F. colidiu contra um veículo Fiat/Fiorino e uma caminhonete GM/S10, prata, com placas de Campo Grande (MS), que estavam estacionados regularmente na via.

Neste momento, segundo os militares, S.D.S.C., 24 anos, companheira do motorista, que estava no banco do passageiro, abriu o vidro e dispensou um pedaço de cocaína, que bateu na caminhonete e caiu no chão.

Em seguida, após removerem os veículos que impediam a saída dos suspeitos, o casal foi submetido a busca pessoal, mas nada de ilícito foi encontrado. Já durante revista veicular, foi localizada a quantia de R$ 450,00.

Em seguida, o proprietário da caminhonete saiu de sua residência dizendo que queria sair com o veículo, não se importando com o acidente. Desconfiados da atitude do indivíduo, os policiais decidiram abordá-lo. Identificado como J.S., 44 anos, o homem foi submetido a busca pessoal, sendo encontrado no bolso de sua calça o valor de R$ 1.227,00.

Em vistoria na S10, os policias encontraram uma balança de precisão sob o tapete do motorista. J. acabou por confessar que iria comprar 50g de cocaína de L.F. e que pagaria a quantia de R$ 1.200,00. Ele autorizou a entrada dos policiais em sua casa, foi feita a busca policial, porém nada de ilícito foi encontrado.

Já a moça foi indagada se havia mais drogas na casa do casal, tendo ela afirmado que não. Os policiais solicitaram apoio do ‘K9”, foram até a residência, mas nada de ilícito foi encontrado.

Diante dos fatos, os três foram autuados em flagrante. Os dois homens foram encaminhados à Cadeia Pública de São Pedro do Turvo e a mulher para a Cadeia Pública de Avaí, onde ficarão à disposição da justiça.

 

 

© 1990 - 2021 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.

×

Olá

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp ou envie um e-mail para [email protected]

×