domingo, 24 de maio de 2020

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Estelionatária é presa em Ourinhos por aplicar golpes pelo WhatsApp

A acusada se fazia passar por vendedora de uma loja de departamentos da cidade

 

 

Marcília Estefani

 

 

Mais um golpe foi registrado na tarde da quinta-feira, 7, na Central de Polícia Judiciária de Ourinhos. Nesta ocorrência, uma jovem de 19 anos, que se fazia passar por vendedora das Lojas Cem, foi presa por vender produtos através do aplicativo de mensagens Whatzapp.

R.K.C.A., 18 anos, agia junto com sua namorada, uma menor, de 17 anos, e chamou a atenção do gerente da loja de Ourinhos, através de comentários nas redes sociais. Ele relatou ao investigador, que pessoas teriam sido vítimas de golpe aplicado por indivíduo que se passava por vendedor da loja, vendia a mercadoria, fornecia uma conta corrente da Caixa Econômica Federal para a realização do depósito e não realizava a entrega e que todas essas operações eram realizadas via whatsapp.

AÇÃO DA POLÍCIA – O referido gerente, sob orientações da polícia, entrou em contato com a suposta vendedora e se mostrou interessado em adquirir um notebook, realizou a compra e combinou de fazer o pagamento à vista, em dinheiro, estabelecendo para isto um posto de combustível para se encontrarem. No local indicado, a menor foi apreendida em poder do aparelho de telefone utilizado para manter contato com a vítima e o cartão de conta corrente da Caixa Econômica com o mesmo número que ela fornecia em suas transações – (14) 99635-4920. A menor confessou o delito e informou onde estava sua comparsa, que foi presa em flagrante pela prática de Estelionato tentado, sendo apresentada na CPJ de Ourinhos. Uma fiança foi arbitrada, porém diante da falta do pagamento, a moça foi encaminhada à Cadeia Pública de São Pedro do Turvo. A menor foi liberada na presença de sua genitora, que compareceu na delegacia.

OUTRAS VÍTIMAS – Há informações de que outras vítimas foram feitas pela dupla e tais fatos serão investigados. Uma das vítimas contou que obteve o número do WhatsApp da golpista através de um grupo de classificados, fornecido por uma pessoa que se identificou como Josiane, indicando ama suposta vendedora com o nome Sueli, que poderia ser contactada pelo número (14) 99635-4920. A mulher perdeu a quantia de R$ 100,00, que foi depositado em conta corrente como entrada pela compra de um celular no valor de R$ 999,00.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.