sbado, 24 de outubro de 2020

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Homem encontrado morto na última terça-feira, 13 de outubro, é identificado pela mãe

Familiares reconheceram a vítima que foi encontrada com marcas de violência

 

Marcília Estefani

 

O corpo do homem encontrado morto na terça-feira, 13, próximo do córrego da fazenda do Lageadinho, localizada entre Ourinhos e Canitar, é identificado como sendo Luiz Henrique Marcolino, 32 anos, também conhecido por ‘Sassá’, morador da Rua Valentim Gentil, na Vila Boa Esperança em Ourinhos. Ele estava desaparecido desde o dia 31 de agosto.

Segundo informações colhidas junto à DIG – Delegacia de Investigações Gerais de Ourinhos, através do Delegado Dr. José Henrique Ribeiro Júnior, a mãe da vítima reconheceu o filho através de algumas tatuagens que ele tinha pelo corpo.

 

Local onde o corpo foi encontrado, na Fazenda do Lajeadinho, entre Ourinhos e Canitar

 

Foi colhido também material para análise de DNA, exame que confirmará a identificação. É aguardado ainda o laudo do exame necroscópico, que vai indicar as causas da morte.

Sassá foi encontrado com sinais de violência, braços e pernas amarrados, um ferimento na cabeça com visível afundamento de crânio, já em estado de decomposição. Até o momento os fatos levam a um possível homicídio. Ele foi sepultado na tarde da quarta-feira, 14, no Cemitério de Ourinhos.

Ainda de acordo com o delegado, o rapaz já tinha várias passagens pela polícia. As investigações continuam e em breve haverá novos desdobramentos do caso que corre em sigilo.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.