domingo, 29 de novembro de 2020

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Morador do CDHU acusado de tráfico desaparece em matagal durante fuga

O rapaz é acusado da distribuição de entorpecentes no Orlando Quagliato e imediações

 

Marcília Estefani

 

Na noite da terça-feira, 29 de setembro, após perseguição em alta velocidade, L.V.B., 22 anos, morador do CDHU, abandonou seu carro e desapareceu após entrar em um matagal. A polícia continua a procura do rapaz, acusado de ser um dos principais distribuidores de drogas nos bairros Orlando Quagliato, Recanto dos Pássaros, Helena Bráz e Vandelena Freire.

Já conhecido nos meios policiais e alvo de denúncias, o jovem foi visto pelos policiais no bairro Orlando Quagliato, por volta das 19h15, trafegando com seu carro, um VW Up preto, placas de Mauá/SP.

Ao perceber a presença da viatura, ele passou a dirigir em alta velocidade, seguindo sentido contrário de sua casa, sem obedecer a sinais de parada efetuados pela equipe, fazendo manobras perigosas.

Ao alcançar o cruzamento das ruas Ezelino Zório Maulen e Roberto Picoli, o acusado abandonou o carro e fugiu a pé, deixando para trás camiseta e chinelos, momento em que entrou em um matagal ainda nas imediações do Orlando Quagliato.

Os policiais continuaram as buscas, mas perderam o rapaz de vista. Ao voltarem ao local onde o carro foi abandonado, encontraram em seu interior 43 pinos de cocaína, balança de precisão, celular e documentos do foragido.

Tudo foi apreendido e apresentado na CPJ. A polícia continuará buscando pelo rapaz.

 

Imagem ilustrativa.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.