sbado, 28 de novembro de 2020

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Ourinhense de 51 anos tem número de whatzapp clonado

Após se cadastrar em uma plataforma de compra pela internet, a vítima recebeu uma ligação e um número por mensagem para habilitar seu celular

 

Da redação

 

Na tarde da segunda-feira, 26, M.B., 51 anos, representante comercial, morador do condomínio Villágio, na Nova Ourinhos, registrou boletim de ocorrência na CPJ de Ourinhos, após ter seu aplicativo de mensagens ‘Whatsapp’ clonado.

Segundo a vítima, ela realizou um anúncio na plataforma Mercadolivre e poucos minutos depois recebeu uma ligação telefônica proveniente do número (54) 99663-4985, sendo que um homem se apresentou como representante da plataforma citada dizendo que para habilitar o telefone, deveria a vítima informar ao autor um código que lhe seria enviado por mensagem no celular.

 

 

Após seguir as orientações, informando o código que recebeu em seu telefone, notou que seu perfil no WhatsApp parou de funcionar imediatamente. Pouco tempo depois passou a receber ligações de amigos e parentes dizendo que alguém estava usando o seu perfil para pedir dinheiro emprestado aos seus contatos.

A vítima contou ainda que o criminoso pedia que fossem feitas transferências de dinheiro para os Bancos Itaú e Banco do Brasil de unidades de São Paulo, além de emitir boletos às vítimas, sempre utilizando nomes e números de CPF diferentes.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.