quarta, 12 de agosto de 2020

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Governo de SP anuncia a recuperação de 157 mil pessoas do coronavírus

Pacientes que apresentaram sintomas e superaram a doença nos 645 municípios paulistas representam 20% de todos os recuperados do Brasil

 

Da redação

 

O Governador João Doria informou nesta quarta-feira (1) que o Estado de São Paulo registrou a recuperação de 157 mil pacientes que apresentaram sintomas do novo coronavírus desde o início da pandemia, há pouco mais de três meses. O número de pessoas curadas nos 645 municípios paulistas representa um a cada cinco de todos os brasileiros que já superaram a doença.

“Segundo balanço da respeitada universidade John Hopkins, dos EUA, o Brasil se tornou líder mundial com 790 mil pacientes recuperados, dos quais 157 mil aqui em São Paulo. 20% de todos os pacientes recuperados no Brasil foram no estado de São Paulo”, declarou o Governador.

No balanço desta quarta, Doria disse que o Governo do Estado continuará trabalhando para reduzir ainda mais o número de doentes e vítimas fatais provocadas pelo coronavírus. “Nós cumprimos bem o nosso papel. Também erramos, obviamente, mas fazendo o que tínhamos que fazer. Principalmente respeitando a ciência e a medicina”, frisou.

Nos últimos cem dias, São Paulo dobrou o número de leitos de terapia intensiva disponíveis em hospitais públicos e filantrópicos e chegou a mais de 7 mil vagas. O sistema também foi fortalecido com a contratação de cerca de 6,5 mil profissionais desde março, entre outras ações de enfrentamento à pandemia e distanciamento social para mitigar a disseminação do coronavírus.

Tarifa de água

Doria também anunciou aos clientes de água e esgoto da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico de São Paulo) que foi prorrogada a isenção de tarifa para famílias de baixa renda até o dia 15 de agosto. A medida já estava em vigência desde abril, em decorrência da pandemia, e já beneficiou cerca de 2 milhões de pessoas.

Pedágios

Também para mitigar os efeitos negativos da pandemia sobre a economia de São Paulo, o Governador ratificou norma da Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo) para adiamento do reajuste anual dos pedágios nas rodovias paulistas. Os novos valores válidos até junho de 2021 entrariam em vigor nesta quarta, mas a readequação tarifária foi postergada para novembro.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.