tera, 01 de dezembro de 2020

MAX. º MIM. º
TEMPO:

Prateleira Solidária em Ourinhos ajuda pessoas em situação de vulnerabilidade social

A iniciativa privada está atuante há cerca de 7 dias e pretende também oferecer roupas, agasalhos e cobertores

 

 

Marcília Estefani

 

 

Moradores do Edifício Portinari, localizado na rua Arlindo Luz, no centro de Ourinhos, instalaram uma prateleira solidária logo na entrada do prédio, onde estão dispostos produtos não perecíveis de primeira necessidade e de higiene, que podem ser retirados pela população mais vulnerável e que estão sem renda neste momento de pandemia.

 

“O importante é que eles levem aquilo que precisam para matar a fome no dia”

 

INICIATIVA – Senhor Eduardo Zambotto, que mora no edifício, contou que uma das moradoras, Patrícia De Paula Cordeiro, viu a reportagem sobre um projeto similar desenvolvido em outra cidade brasileira. Em função disto, sugeriu aos moradores e todos se uniram, colocaram a mão na massa e deram início a campanha.

 

Senhor Ernesto Zambotto conta como teve início o projeto

 

Os moradores do prédio foram os primeiros a doar, comenta Zambotto, e continuam firmes em conseguir doações. “Muitas pessoas têm passado por aqui, é mais gente que vem para retirar do que doar. O importante é que eles levem aquilo que precisam para matar a fome no dia. Por isso nós precisamos e pedimos mais doações pois tudo que chega sai muito rápido”.

Patrícia afirma que o projeto começou ali no edifício Portinari, mas é da comunidade, pois é necessária a ajuda de todos.

COMO FUNCIONA – As pessoas que buscam doações na prateleira solidária são recebidas pelo zelador Luciano e por Adriana Zanata que trabalham no prédio. Eles são acolhidos e é feito um cadastro, para um futuro acompanhamento e para se manter um controle do que é doado e de quem realmente precisa.

Adriana orienta as pessoas a levarem aquilo que estão mais precisando naquele momento, naquele dia.

“Outro dia veio uma mulher e trouxe um pacote de açúcar e me disse se podia trocar por um maço de macarrão, pois o açúcar sobrou da cesta que tinha recebido”, conta Adriana que se surpreendeu com o gesto de partilha.

 

As pessoas são acolhidas e é feito um cadastro para um futuro acompanhamento

 

Sr Ernesto conta também que o grupo pretende ampliar a ação solidária oferecendo também agasalhos, roupas em geral, calçados, cobertores. “Já estamos vendo isso, já conseguimos um cabide e estamos pedindo as doações. Cada um fazendo a sua parte a gente consegue colaborar um pouquinho com essas pessoas”.

ONDE DOAR – O Edifício Portinari está localizado na Rua Arlindo Luz, 519 em Ourinhos. As doações podem ser entregues no local, é só chegar e colocar na prateleira, ou através de contato telefônico pelo número (14) 3322-8022.

O QUE DOAR – São aceitas doações de alimentos não perecíveis, leite, bolachas, material de limpeza, de higiene pessoal, papel higiênico, tudo aquilo que você costuma ter em sua casa, que possa ser dividido com quem não tem. Com a chegada do frio, também serão arrecadados roupas, calçados, agasalhos, cobertores, enfim, tudo aquilo que possa aquecer e mudar a vida de quem precisa.

© 1990 - 2019 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.