quinta, 29 de fevereiro de 2024

Acusado de matar o amigo com facada no coração enfrenta júri popular

Marino Dini de Oliveira está sendo julgado nesta quinta-feira, 8 de fevereiro, no Fórum de Ourinhos

 

Alexandre Mansinho 

 

Hoje, dia 8 de fevereiro de 2024, no Salão do Júri do Fórum Estadual da Comarca de Ourinhos, Marino Dini de Oliveira, 38 anos, foi enviado no banco dos réus para ser julgado pelo homicídio de Júlio César Correia de Oliveira, de apenas 26 anos.

 

Marino Dini de Oliveira

 

O crime ocorreu em 9 de julho de 2022, por volta das 8h da manhã, no bairro da Vila Brasil, em Ourinhos. Marino Dini, segundo informações da Polícia Civil, teria deferido uma facada certeira no coração de Júlio César, após uma discussão por motivos fúteis.

 

Júlio César Correia de Oliveira

 

A acusação, apresentada pelo Ministério Público, buscará a pena de homicídio qualificado, considerando as condições do crime. Dini fugiu logo após o crime, mas se entregou na Central de Polícia Judiciária de Ourinhos 12 dias depois do crime.

A vítima, Júlio César Correia de Oliveira, foi socorrida por seu irmão imediatamente após o ataque. Foi levado de carro para a Santa Casa de Ourinhos, mas infelizmente Júlio não resistiu aos danos e faleceu. Ele deixou um filho de 9 anos.

Uma testemunha que esteve presente no momento do crime relatada em seu depoimento que Marino e Júlio eram amigos próximos, inclusive que haviam saído juntos na noite anterior ao ocorrido.

(Fonte: Polícia Civil)

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.