terça, 23 de abril de 2024

Após desentendimento em bar homem é atingido por disparo de arma de fogo

Três pessoas, entre eles um menor, foram presos por envolvimento com o crime

 

Da redação

 

Após desentendimento, homem é atingido por disparo de arma de fogo na noite do sábado 8 de abril, por volta das 23h00. Três pessoas, entre eles um menor, foram detidos pela polícia, suspeitos de estarem envolvidos com o crime.

Segundo informações dos policiais que atenderam a ocorrência, eles foram acionados por uma mulher e a mesma contou que tanto a vítima, um homem de 42 anos, quanto os outros envolvidos, um homem de 35 anos, um adolescente de 17 anos e sua mãe de 33 anos, estavam em um bar, onde se desentenderam.

Informações apuradas pela equipe dão conta que a desavença ocorreu por conta de dinheiro, e que um dos autores, também conhecido por Gringo, começou a briga, sendo que a vítima apenas se defendeu. O menor confessou que estava armado.

Segundo a testemunha, a vítima saiu do bar permanecendo em frente ao CSU, e os outros indivíduos, que estavam armados, foram atrás, dizendo que queriam matá-lo. No local, o adolescente e o outro homem atiraram contra seu desafeto, acertando seu joelho direito.

O homem ferido foi socorrido até a Santa Casa de Ourinhos com sinais de embriaguez. Gringo também precisou de atendimento médico devido a um corte na perna, que sofreu durante a briga no bar, sendo posteriormente encaminhado para a Central de Polícia Judiciária de Ourinhos (CPJ).

No plantão policial, o casal foi autuado em flagrante por homicídio qualificado. Ele foi transferido para a Cadeia Pública de São Pedro do Turvo e ela foi mantida em uma cela na CPJ de Ourinhos, onde também ficou o adolescente, ambos à disposição da justiça.

A arma usada não foi encontrada. No veículo utilizado pelo trio, que possui placa de Ourinhos e foi apreendido, foram encontrados um pé de tênis sujo de sangue, um aparelho celular, um cartucho deflagrado e um outro intacto, porém picotado, de arma calibre .38.

Foi coletado material residuográfico das mãos de Gringo e do menor para exames que comprovarão os disparos contra a vítima.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.