quinta, 18 de abril de 2024

Dois homens são encontrados mortos nas últimas horas em Ourinhos

Os crimes foram registrados durante a madrugada e a manhã desta quarta-feira, 18/1. Tudo indica que o autor da primeira morte, após fuga, praticou suicídio.

 

Marcília Estefani

 

Na madrugada desta quarta-feira, 18/1, um homem foi encontrado sem vida, alvejado com dois tiros em uma chácara em Ourinhos. O suspeito do crime também foi encontrado morto pouco tempo depois, caído ao lado do lago no Parque Centenário, defronte ao Condomínio Royal Park, possivelmente vítima de suicídio.

De acordo com o boletim de ocorrência, a equipe plantonista foi acionada primeiramente para a ocorrência de homicídio mediante disparo de arma de fogo, na Vila Califórnia, onde se constatou que houve uma discussão entre o autor, José E.S., 48 anos, e a vítima, C.A.S., 49 anos.

A discussão versava sobre o relacionamento de José E. e S.R.F, tida como ‘filha de santo’ (sic) da vítima. Há indícios de que J. culpava a vítima pelo término de seu relacionamento.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, os elementos colhidos no local do crime indicavam que José quis vingar-se de C., fugindo logo em seguida com a arma do crime, e que a vítima foi alvejada com dois disparos a curta distância, um deles acertando seu abdômen (abaixo do umbigo) e o outro a cabeça.

No momento ainda não foi possível obter imagens de câmeras de segurança que tenham registrado o crime.

 

AUTOR TAMBÉM É ENCONTRADO MORTO – Em ato contínuo a equipe plantonista retornava para o plantão policial, quando avistaram uma viatura da polícia militar acompanhando um casal desesperado, solicitando ajuda em frente ao Condomínio Royal Park.

A equipe então parou, juntamente com a Polícia Militar, onde se constatou que havia um cadáver caído ao solo ao lado do lago, com uma marca de disparo de arma de fogo no peitoral, sendo que o revólver estava próximo do vitimado, sem sinal qualquer de desavença, indicando que ele próprio teria tirado sua vida.

De imediato reconheceu-se a vítima como sendo José E., autor da morte registrada na Vila Califórnia, que teria, após evadir-se do local do crime, tirado sua própria vida.

A motocicleta de José foi devolvida para sua filha. A arma e os cartuchos encontrados em seu tambor, um íntegro e três deflagrados, foram apreendidos, bem como os telefones celulares das duas vítimas.

Áudios e um vídeo mencionado por uma testemunha foram apresentados à polícia. O caso continua em investigação.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.