sexta, 12 de julho de 2024

Final de semana violento com dois homicídios em Ourinhos causados por desentendimentos familiares

Publicado em 23 ago 2021 - 11:35:06

           

As ocorrências foram registradas no sábado e no domingo e os autores se encontram à disposição da justiça na Cadeia Pública de São Pedro do Turvo

 

Marcília Estefani

 

Final de semana violento em Ourinhos, com duas mortes causadas por desentendimentos familares. No sábado, 21/8, durante uma briga, filho matou o pai no Jardim Paris, e no domingo, 22/8, indivíduo que tentou se jogar da passarela na sexta-feira, foi responsável pela morte da esposa, também durante um desentendimento.

 

JD PARIS – Por volta das 17h00 do sábado, 21/8, pai e filho, moradores da Rua Paulo Amaral do Santos, se desentenderam e durante a briga, o filho acabou por tirar a vida do pai com dois golpes de faca.

Segundo boletim de ocorrência, os policias militares foram acionados via Copom e ao chegar ao local do crime, encontraram o filho, W.S.M.L., 27 anos, chorando ao lado do pai, no chão da cozinha, tentando reanimá-lo, porém Nelson Luiz, 52 anos, já estava sem vida.

 

Nelson Luiz era conhecido por Nelsinho Sanfoneiro, integrante da banda dorro Malícia

 

O jovem também sofreu ferimentos no rosto, e foi levado até a UPA – Unidade de Pronto Atendimento, para ser atendido.

Diante do flagrante, o suspeito foi preso por homicídio e encaminhado para a cadeia de São Pedro do Turvo, onde está à disposição da justiça. A polícia vai investigar os fatos para esclarecer as motivações do crime.

Nelson Luiz era integrante da banda forró Malícia, muito conhecido por Nelsinho Sanfoneiro. Ele foi sepultado no domingo, 22/8, às 11h30, no Cemitério Municipal de Ourinhos.

 

CONDOMÍNIO RIVIERA – No final da tarde do domingo, 22/8, Priscila Moreira Lopes de Oliveira, 35 anos, gerente de uma loja de departamentos do shopping em Ourinhos, foi morta pelo companheiro dentro da própria casa do casal, localizada no Condomínio Riviera, Rua José Justino de Carvalho, 1977 no Jardim Oriental em Ourinhos.

O homicídio teria acontecido durante um desentendimento entre o casal que estava no quarto da casa, momento em que o marido, Willians Pereira, 42 anos, avançou e pegou a esposa pelo pescoço.

 

Priscila era gerente de uma loja de departamentos no shopping

 

Conforme a versão do autor, a mulher teria se desequilibrado e caído, batendo com a cabeça na quina de um móvel, o que teria provocado a morte, porém, ela apresentava também ferimentos no pescoço, com sinais de esganadura.

Willians colocou a mulher sobre a cama e chamou a polícia e se apresentou como autor da agressão. Este mesmo indivíduo na noite da sexta-feira, 20, ameaçou se jogar da passarela sob a Rodovia Raposo Tavares no Parque Minas Gerais.

 

Willians Pereira ameaçou se jogar da passarela sob a Rodovia Raposo Tavares no Parque Minas Gerais

 

O corpo foi levado para o IML, que vai confirmar ou não a versão do acusado. Há a possibilidade de Priscila ter sido estrangulada.

A filha do casal, que estava na área de lazer do condomínio no momento dos fatos, ficou sob os cuidados do Conselho Tutelar.

Willians foi autuado em flagrante por homicídio e encaminhado à Cadeia Pública de São Pedro do Turvo, onde ficou à disposição da justiça.

O sepultamento de Priscila ainda não foi definido, ela é natural de São Paulo, onde moram seus familiares.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.