quarta, 22 de maio de 2024

Grupo suspeito de espancar segurança em festa é identificado

Inicialmente o caso foi registrado como lesão corporal dolosa, mas com o depoimento da vítima e análise das imagens deve ser tratado como tentativa de homicídio

 

Da redação

 

A Polícia Civil de Ourinhos (SP) já identificou oito pessoas envolvidas em uma briga ocorrida durante festa na AERO (Associação dos Engenheiros e Agrônomos da região de Ourinhos) no último sábado, 5/2, onde o chefe de segurança Leonardo Silva Brandão de Oliveira foi vítima de espancamento por um grupo de jovens.

Imagens feitas no local, que viralizaram nas redes sociais, mostram o homem sendo espancado. De acordo com o delegado titular da DIG, Doutor João Beffa, a vítima prestou depoimento na terça-feira, 8/1. Todas os envolvidos, já identificados, devem ser intimados para prestar depoimento nos próximos dias.

 

 

Leonardo contou à polícia que quando começou a ser agredido, ainda tinha consciência do que estava acontecendo, porém, acabou desmaiando e mesmo assim continuou sendo espancado. Diante das circunstâncias do ocorrido, o caso está sendo considerado como tentativa de homicídio, pois, ainda segundo o delegado, “ninguém pode bater em alguém que não tem condição de se defender”.

O rapaz passou por exame de corpo de delito. Além dos autores das agressões, a Polícia Civil também trabalha para identificar as testemunhas do caso.

Em nota, a Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos da região de Ourinhos informou que apenas locou o espaço para os organizadores da festa, mas que lamenta o ocorrido e está a disposição das autoridades para esclarecimentos.

 

RELEMBRE O CASO – Um segurança que trabalhava em uma festa na noite do sábado, 5/2, realizada no clube da AERO (Associação dos Engenheiros e Agrônomos da região de Ourinhos), ficou gravemente ferido após sofrer agressões de um grupo de pessoas durante o evento. A vítima foi socorrida por colegas de trabalho e levado ao pronto socorro da Unimed.

 

 

Segundo informações recebidas pela redação do Negocião, Leonardo Silva Brandão de Oliveira, chefe da equipe contratada para atuar como segurança durante a festa, ao separar uma discussão de um casal, acabou se desentendendo com os envolvidos que não aceitaram a interferência do segurança, momento em que se desenrolou uma briga e Leonardo acertou o rapaz com um soco deixando o mesmo desacordado.

“Os cara que tava no rolê explicou como que começou tudo. Tinha um casal tretando lá, o cara quase batendo na mina, ele foi lá separar e o namorado da muié foi pra cima dele, ele falou pro cara afastar, o cara continuou indo pra cima, ele deu um murro no cara, desmaiou o cara”, conta um indivíduo que não quer se identificar.

Momentos depois, quando Léo Brandão estava sozinho do lado de fora, chegou um grupo de rapazes, que possivelmente sejam amigos do rapaz que ficou desacordado, e começou uma briga generalizada, ficando o segurança sem condições de se defender.

Ainda segundo informações levantadas pelo Negocião, as agressões só pararam com a intervenção de outros seguranças, que socorreram a vítima e o levaram para o pronto socorro da Unimed.

De acordo com o registro policial, Leonardo deu entrada no hospital às 23h57 do sábado, onde recebeu atendimento médico e ficou em observação até às 12h40 do domingo, 6/2, quando recebeu alta e foi levado para sua casa.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.