segunda, 15 de abril de 2024

Motorista de transportadora em Ourinhos é preso acusado de furtar óleo diesel

Investigação começou após indícios de que o funcionário da empresa estaria desviando e revendendo combustível para o dono de um sítio, na zona rural de Cândido Mota (SP). Dupla foi presa em flagrante.

 

Da redação

 

A Polícia Civil de Cândido Mota/SP, prendeu em flagrante o motorista de uma transportadora em Ourinhos e um produtor rural de Cândido Mota, por suspeita de furto e receptação de óleo diesel.

Os policiais monitoraram o caminhão da empresa por uma semana, sendo constatado que o veículo esteve na casa do produtor, um sítio localizado no bairro Água do Queixada, na zona rural de Cândido Mota, por três vezes. Segundo as investigações, o homem não era cliente da empresa e não tinha autorização para descarregar o combustível no local.

 

 

Após a expedição de um mandado de busca e apreensão, os policiais flagraram o momento em que o motorista transferia o combustível para um tanque. A equipe encontrou dois recipientes, com capacidade de mil litros cada, cheios.

Questionados, os dois confirmaram que foram transferidos 150 litros naquele momento. Durante o mandado de busca, foram localizadas ainda duas armas e 10 munições calibre 22.

A dupla ficou em silêncio durante o depoimento e foi encaminhada à cadeia pública de Lutécia (SP), onde aguarda pela audiência de custódia.

Após a expedição de um mandado de busca e apreensão, os policiais flagraram o momento em que o motorista transferia o combustível para um tanque. A equipe encontrou dois recipientes, com capacidade de mil litros cada, cheios.

Questionados, os dois confirmaram que foram transferidos 150 litros naquele momento. Durante o mandado de busca, foram localizadas ainda duas armas e 10 munições calibre 22.

A dupla ficou em silêncio durante o depoimento e foi encaminhada à cadeia pública de Lutécia (SP), onde aguarda pela audiência de custódia.

(Fonte: g1)

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.