quarta, 17 de abril de 2024

Operação da Polícia Federal desmantela esquema de fraudes milionárias contra a Caixa Econômica Federal

Grupo suspeito de causar prejuízo de mais de R$ 7 milhões por meio de contratos fraudulentos

 

Da redação

 

A Polícia Federal deflagrou uma operação nesta quarta-feira (20) visando desmantelar ações de um grupo de indivíduos suspeitos de ter causado um prejuízo significativo, estimado em mais de R$ 7 milhões, à Caixa Econômica Federal por meio de fraudes em contratos de financiamento imobiliário no Distrito Federal.

A investigação revelou que os suspeitos operavam utilizando a figura de correspondentes bancários para elaborar contratos fictícios de financiamento imobiliário, com base em documentos falsos relacionados a propriedades. Após a liberação dos fundos do financiamento nas contas dos vendedores, o dinheiro era então transferido para os demais membros do grupo criminoso.

Até ao momento, as autoridades identificaram a existência de 21 contratos falsos, mas as investigações ainda estão em andamento para determinar o envolvimento de compradores e vendedores nos negócios fraudulentos, bem como para verificar a possível existência de outros contratos fraudulentos.

Como resultado da operação, as contas bancárias dos suspeitos foram bloqueadas por ordem judicial, e medidas cautelares foram tomadas. Além disso, os envolvidos foram obrigados a usar tornozeleiras eletrônicas e estão proibidos de atuar como corretores de imóveis.

Os indivíduos responsáveis por essas atividades ilegais enfrentarão uma série de acusações, incluindo estelionato avançado contra a Caixa Econômica Federal, fraude em financiamento, falsificação de documento público, uso de documento falso e participação em organização criminosa. As autoridades continuarão a trabalhar na identificação de outros possíveis envolvidos e na recuperação dos valores desviados.

(Com informações da Polícia Federal)

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.