sexta, 19 de abril de 2024

Serpentes de espécie exótica são apreendidas em Bauru durante operação das polícias civil e militar

As cobras eram mantidas em cativeiro irregular e foram encontradas dentro de uma caixa de sapatos

 

Da redação

 

Policiais civis de Bauru, durante Operação Conjunta da Polícia Civil e Militar, efetuaram diligências visando a apuração de crimes ambientais, especificamente a guarda e comercialização de animais silvestres.

Mediante cumprimento de mandado de busca foram apreendidos cinco espécimes de cobras conhecidas como “Corn Snake” (cobra-do-milho), nativas da América do Norte e proibidas de importação e permanência no Brasil pelo IBAMA, e um pássaro preto (graúna), espécie nativa do Brasil, sem a anilha de autorização do IBAMA.

 

 

As ‘corn snakes’ foram localizadas dentro de uma caixa de sapatos, escondida no interior de um guarda-roupas, após diversas denúncias de que haveria comércio ilegal de serpentes e pássaros no imóvel, localizado no Jardim Progresso em Bauru.

Segundo a polícia ambiental, elas eram mantidas em cativeiro irregular por um homem de 43 anos. Durante fiscalização na casa, os agentes ainda encontraram a graúna, que era mantida em uma gaiola também sem autorização ambiental.

 

 

O suspeito foi conduzido à Central de Polícia Judiciária (CPJ) da cidade e foi indiciado por crime ambiental contra a fauna, sendo autuado em R$ 3 mil por introduzir espécies exóticas no Brasil sem autorização e em R$ 500 por manter o pássaro-preto em cativeiro irregular. O autor foi liberado após assinatura de Termo de Compromisso e responderá pelo crime em liberdade.

Os animais foram encaminhados para órgãos ambientais da região.

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.