domingo, 14 de abril de 2024

Taxista é assaltado e ferido por dois indivíduos na noite da terça-feira, 3/1

Criminosos anunciaram o assalto logo que adentraram o veículo, atingindo vítima com coronhadas na face

 

Da redação

 

Na noite da terça-feira, 3/1, por volta das 22h35, um taxista, que trabalhava no Terminal Rodoviário de Ourinhos, recebeu chamado para uma corrida e, para sua surpresa, tornou-se vítima de roubo por dois indivíduos armados.

Segundo o boletim de ocorrência, o taxista, M.S.E., foi abordado ainda na rodoviária por M.H.Q., 20 anos e L.B.P., 26 anos, para uma corrida até o Jardim Itamaraty. Ao acessarem a rodovia Mello Peixoto, perímetro urbano da cidade, os passageiros anunciaram o assalto em posse de uma arma de fogo e atingiram a vítima com uma coronhada na face.

Em desespero, o homem pulou do carro em movimento e criminosos seguiram em fuga com o veículo, um HB20 branco, com placas de Ourinhos, sentido Paraná.

A polícia foi acionada e recebeu informações de que o carro teria sido visto em uma estrada rural que dá acesso à Ribeirão Claro/PR, sentido Chavantes, e se postaram na Rodovia Fauzi Mansur, próximo da Ponte Pênsil em Chavantes.

 

 

Por volta das 23h40 o veículo roubado passou pela ponte sentido Chavantes, momento em que os policiais iniciaram acompanhamento com sinais luminosos e sonoros. O condutor do veículo, identificado por Leonardo, atendeu os sinais após percorrer cerca de 2Km, sendo que cerca de 100m antes de parar, Marcelo, o passageiro, dispensou pela janela, às margens da rodovia, um simulacro de pistola de cor preta, utilizado no crime, que foi recuperado e apreendido.

Abordados e revistados, em poder de Leonardo também foi localizado dois relógios de pulso e R$ 108,00 em dinheiro, que ele informou pertencerem à vítima. O celular de Marcelo também foi apreendido. Eles pretendiam ficar com o carro e revendê-lo, pois ‘estavam precisando de dinheiro’.

Já o celular do taxista não foi encontrado e, questionados, os bandidos disseram que dispensaram o aparelho pela janela quando transitavam no estado do Paraná.

 

 

A vítima, que havia sido socorrida até a UPA com suspeita de fratura na face, foi ouvido pelos policias ainda na unidade de pronto atendimento.

Os pertences do taxista foram entregues à sua esposa, que esteve presente na Central de Polícia Judiciária de Ourinhos – CPJ, com exceção do aparelho celular ainda não encontrado.

Os dois bandidos foram autuados em flagrante pelo crime de roubo, e encaminhados à Cadeia Pública de São Pedro do Turvo.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.