terça, 23 de julho de 2024

Clientes da CPFL Santa Cruz passam a contar com mais uma opção de parcelamento da conta, a fintech Alesta

Publicado em 08 set 2022 - 11:03:06

           

Com a expansão do serviço, clientes da CPFL Santa Cruz poderão parcelar suas contas em até 15 vezes

 

 Da Assessoria de Comunicação

 

Os clientes da CPFL Santa Cruz têm agora mais uma opção de crédito para parcelar suas contas de energia, a Alesta. Trata-se de uma plataforma on-line na qual o parcelamento pode ser feito sem entrada e as parcelas debitadas diretamente na conta.

O serviço é mais uma forma de pagamento para todos, inclusive para quem não tem conta em banco ou não quer utilizar o limite do cartão de crédito. Contas a vencer também poderão ser parceladas, facilitando o planejamento financeiro dos consumidores.

Lançada em abril de 2021, a Alesta passou por um período piloto, atendendo, exclusivamente, os clientes da CPFL Piratininga. Agora, como parte do plano de expansão da empresa, a fintech passa a atender também os clientes da CPFL Santa Cruz e, até 2023, passa a beneficiar todos os clientes do grupo nas quatro distribuidoras, incluindo CPFL Paulista e RGE.

Com processo totalmente digital, o empréstimo da Alesta é uma maneira simples, fácil e sem burocracia, de quitar uma ou mais contas de energia, sem a necessidade de sair de casa. Na Alesta, o cliente escolhe o valor e pode pagar em até 15 parcelas.

Após a simulação e, concordando com o valor, a aprovação é rápida, o empréstimo é contratado e as parcelas de energia quitadas. O valor será debitado diretamente nas próximas contas.

“Temos um grande desafio pela frente que é continuar inovando em serviços para entregar sempre mais opções aos clientes, por isso, até 2023, além de atender a todas as distribuidoras da CPFL Energia, a Alesta deve incorporar mais opções de pagamentos como o parcelamento via cartão de crédito”, diz Fernando Rocha Antonaglia, diretor da Alesta.

Durante o período de adaptação, atendendo os clientes da CPFL Piratininga, a startup fechou mais de 13 mil contratos e cadastrou mais de 50 mil pessoas. O montante equivale a R$ 9.6 milhões em contas de energia negociadas.

“Este ano inicial foi primordial para entendermos mais sobre a performance e integração dos ambientes digitais, ampliarmos a estrutura de atendimento ao cliente e regulatório, trabalharmos a jornada do cliente com suas necessidades, bem como características do público-alvo”, finaliza Antonaglia.

Os clientes que quiserem conhecer a plataforma e regularizar a sua situação poderão acessar na área de “débitos e 2º via de conta”, e posteriormente clicar na opção de “parcelamento” dentro do App ou da área logada do portal CPFL, ou mesmo acessar diretamente o site www.cpfltotal.com.br/negocie. Nas duas opções é necessário realizar um novo cadastro e seguir todos os passos.

O serviço é mais uma forma de pagamento para todos, inclusive para quem não tem conta em banco ou não quer utilizar o limite do cartão de crédito

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.