segunda, 15 de abril de 2024

Combate ao mosquito Aedes aegypti é tema de campanha educativa na BR-153/SP 🦟🚫

Da Redação

Em períodos de chuva e calor, o acúmulo de água parada é um grande vilão para a sociedade, uma vez que é o criadouro ideal para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Pensando nisso, a Triunfo Transbrasiliana reforça neste mês com os usuários da BR-153/SP e a sociedade em geral a campanha educativa “Combate ao mosquito. Para fazer diferente, precisamos agir antes”, do Ministério da Saúde.

O objetivo é sensibilizar a população, por meio de histórias reais, sobre a importância do combate aos criadouros do mosquito em todo o Brasil. A mensagem da campanha é enfatizar que, para que essas histórias não se repitam, é preciso fazer diferente e agir para eliminar os criadouros antes do mosquito nascer.

Números relevantes

De acordo com o Ministério da Saúde, desde o início de 2024 até agora foram notificados mais de 973 mil casos suspeitos de dengue no país, principalmente nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com 195 óbitos confirmados e 672 em investigação. Isso significa que o país já contabiliza mais da metade do total de diagnósticos da doença identificados por estados e municípios ao longo de todo o ano de 2023, quando foram registrados 1.658.816 casos.

Como eliminar os criadouros

Para combater a proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, atitudes simples e diárias devem ser colocadas em prática.

Confira abaixo algumas atitudes simples de prevenção:

  • Não jogue lixo nas rodovias, em terrenos baldios, construções e praças;
  • Deixe sempre bem tampados as caixas d’água, poços, cacimbas, tambores de água ou tonéis, cisternas, jarras e filtros;
  • Esvazie garrafas PET, potes e vasos;
  • Não acumule sucata e entulho;
  • Limpe frequentemente as calhas e a laje das casas;
  • Guarde pneus em locais cobertos;
  • Amarre bem os sacos de lixo;
  • Coloque areia nos vasos de planta;
  • Permita sempre o acesso do agente de saúde e os de endemias em sua residência ou estabelecimento comercial.

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.