segunda, 17 de junho de 2024

Setor agropecuário registra saldo positivo de empregos em março

Com aumento de 6% nas admissões no estado, o setor volta a criar postos depois de seis meses de saldos negativos

Mário Teixeira

 

De acordo com dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), o estoque de empregos ativos no Brasil, em março, variou positivamente nas comparações mensal e anual, em 0,5% e 3,7%, respectivamente, somando 46.236.308 postos de empregos formal.

Já o setor agropecuário brasileiro encerrou 6.457 postos em março e foi responsável por 108.429 admissões, ficando com estoque 0,4% menor que o de fevereiro, porém superior em 0,8% ao de março passado. A produção de sementes certificadas e o cultivo de alho foram os destaques na geração de empregos do setor no país, em março, com 3.846 e 2.081 novas vagas criadas, respectivamente.

No estado de São Paulo, as admissões do setor agropecuário cresceram 6% na comparação com fevereiro. Com esse aumento, os empregos ativos cresceram 0,4% em março. As atividades de apoio à agricultura e de cultivo de cana-de-açúcar foram as que mais criaram vagas com carteira assinada no setor agropecuário paulista, no período.

Para acessar o relatório completo, clique no link abaixo. Outras informações relevantes sobre o setor podem ser acessadas através do Painel de Dados da Faesp.
2024.05 – Estatísticas de emprego formal

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.