segunda, 17 de junho de 2024

Sindicatos Rurais vão auxiliar produtores no acompanhamento do CAR

Reunião da Faesp com sindicatos reforça importância do acompanhamento permanente do Cadastro Ambiental Rural

 

Mário Teixeira

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) realizou uma reunião virtual com diversos Sindicatos Rurais para reforçar a importância do acompanhamento contínuo dos produtores rurais no processo de validação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e a adesão ao Programa de Regularização Ambiental (PRA). A estratégia elaborada pela Faesp, capacita colaboradores dos sindicatos, que vão repassar os detalhes do acompanhamento do sistema e auxiliar os produtores, de acordo com cada situação.
O gerente do Departamento de Sustentabilidade da Faesp, José Luiz Fontes, enfatizou a necessidade de os proprietários rurais adotarem as providências necessárias para concluir a validação das declarações no CAR. “O Sindicato Rural tem um papel essencial no apoio aos proprietários, garantindo que eles obtenham a validação de suas informações e que possam usufruir da segurança jurídica decorrente da regularização ambiental de suas propriedades”, afirmou Tirso Meirelles, presidente da Faesp.
Fontes ressaltou aos participantes os benefícios da regularização ambiental, como a garantia de continuidade da produção, segurança jurídica e acesso a crédito e mercados, que são incentivos relevantes.
A estratégia de acompanhamento envolve capacitação de colaboradores dos sindicatos para apoiar os produtores em todas as etapas da regularização ambiental; abordagem proativa dos sindicatos, atendendo cada grupo de proprietários conforme a situação específica de seus imóveis, e monitoramento dos casos.
De acordo com a Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento (SAA), 10% das mais de 400 mil propriedades rurais paulistas cadastradas tiveram seus cadastros validados, com apoio irrestrito do secretário Guilherme Piai e do governador Tarcísio de Freitas.
“Diante de tantas mudanças climáticas, todos já compreendem a necessidade de seguir a orientação de manutenção e recuperação de áreas de mata nativa. Estamos em um ponto em que a tecnologia chegou para melhorar o monitoramento ambiental e nós vamos ajudar o pequeno proprietário rural a realizar os ajustes necessários e garantir a validação do cadastro ambiental”, afirmou Meirelles.

Link da reunião aqui.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.