segunda, 15 de abril de 2024

Psicóloga alerta motoristas em cuidados com a saúde mental e dá dicas para ampliar a segurança no trânsito

Vai viajar no feriado? Professora do curso de Psicologia da Anhanguera explica como o excesso de confiança e outros fatores emocionais podem causar acidentes

 

Nágila Macedo Pires 

 

Neste pré-feriado de 7 de setembro, muitas famílias utilizam este momento para viagens e passeios, e existem muitos fatores que podem influenciar a condução de carros, motos e outros veículos nas estradas. De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal, neste período aumentam os acidentes devido à maior circulação de automóveis com muitos ocupantes.
Um levantamento feito pela Organização Mundial da Saúde indicou que 90% dos acidentes de trânsito no Brasil são causados por fator humano. Ainda segundo o órgão, cerca de 40 mil brasileiros morrem todos os anos em desastres automobilísticos, transformando o tráfego do país no 5º mais violento do mundo.
De acordo com a professora do Curso de Psicologia da Faculdade Anhanguera, Rafaela Garcia Sardi, neste período, muitas pessoas se deslocam nas rodovias e é comum a ocorrência de inúmeras infrações e acidentes e, portanto, o cuidado com a saúde mental é essencial nesse período.
“O trânsito é um ambiente estressante e desafiador, com congestionamentos, pressa e comportamentos imprudentes. Essas situações podem afetar nossa saúde mental e bem-estar e, por consequência, gerar distrações. O estado emocional, a fadiga, está correlacionada com grande parte dos acidentes que ocorrem nas estradas, por esse motivo, quando o motorista está bem mentalmente e focado, os riscos de causar um acidente diminuem significativamente”, alerta.

 


Segundo a OMS, 90% dos acidentes de trânsito no Brasil são causados por fator humano

 

Ainda de acordo com os dados da Polícia Rodoviária Federal, a maioria dos acidentes nas rodovias são por excesso de velocidade, ultrapassagem incorreta, falta do cinto de segurança e capacete, e alcoolemia.

A psicóloga dá algumas dicas para ampliar a segurança no trânsito. Confira:

  • Planejamento e organização, ajuda a garantir que o motorista não tenha distrações desnecessárias que fatalmente podem contribuir para a quebra do equilíbrio emocional necessário. Assim, antes de iniciar a viagem, é importante planejar o percurso, realizar revisões do veículo, certificar-se de estar descansado e evitar a fadiga ao volante com paradas regulares a cada duas horas ou 150-200 km;
  • Atenção e foco, onde o equilíbrio consiste em evitar distrações, mas também não se tornar excessivamente obcecado ou ansioso com a condução, o que pode levar à tensão e ao estresse;
  • Autoconfiança e modéstia, uma vez que a autoconfiança pode ser suficiente para lidar com as situações emergentes na condução, mas sem se tornar excessivamente confiante e, desta forma, negligente;
  • Responsabilidade e respeito, implicando em seguir as leis de trânsito, respeitar os outros usuários da via e cuidar da segurança de si mesmo e dos demais;
  • Consciência situacional e adaptabilidade, onde estar consciente do ambiente ao redor monitorando constantemente a estrada, os outros veículos e as condições da via. Além disso, a capacidade de se adaptar a diferentes situações de trânsito, como mudanças climáticas, congestionamentos ou imprevistos, é importante.
  • Planeje sua rota e saia com antecedência: Um dos principais fatores de estresse no trânsito é a sensação de estar atrasado. Planeje sua rota com antecedência, verificando as condições do tráfego e possíveis congestionamentos. Saia de casa com tempo suficiente para evitar a pressa e o estresse de última hora.
  • Mantenha a calma e evite comportamentos agressivos: Situações de trânsito podem ser frustrantes, mas é importante manter a calma e evitar comportamentos agressivos. Respire fundo, mantenha a paciência e evite xingamentos, buzinas excessivas e gestos obscenos. Lembre-se de que todos estão enfrentando o mesmo tráfego e é fundamental manter a segurança e o respeito no trânsito.
  • Evite distrações ao volante: A distração é um dos principais fatores de acidentes de trânsito. Ao dirigir, evite utilizar o celular, comer, maquiar-se ou qualquer outra atividade que desvie sua atenção da estrada. Concentre-se na direção, esteja atento aos sinais de trânsito e mantenha os olhos na pista.
  • Utilize técnicas de relaxamento: Se você sentir ansiedade ou estresse enquanto dirige, é útil praticar técnicas de relaxamento. Respire profundamente, conte até dez e libere a tensão muscular. Se possível, ouça música relaxante ou um podcast interessante para distrair a mente e criar uma atmosfera mais tranquila no veículo.
  • Faça pausas regulares: Se estiver em uma viagem longa, faça pausas regulares para descansar e alongar o corpo. Isso ajudará a aliviar a tensão acumulada e melhorar seu estado mental. Aproveite para tomar água, fazer um lanche leve e movimentar-se um pouco antes de continuar a jornada.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.