terça, 23 de abril de 2024

A ação dos criminosos teve início na tarde do domingo, 11, e durou mais de 24h

Da redação

 

Roubo de carga que teve início no domingo, 11 de junho, em Maringá no Paraná, terminou com um caminhão abandonado em Santa Cruz do Rio Pardo na tarde da segunda-feira, 12. O motorista do veículo, de 37 anos, registrou um boletim de ocorrência na CPJ – Central de Polícia Judiciária de Ourinhos.

Segundo o rapaz, ele teria saído de Foz do Iguaçu/PR, na tarde do domingo, 11, com o caminhão carregado de cobertores da empresa Fatex Industrial, Comercial, Importação e Exportação, carga avaliada em U$$ 63.864,00 que deveria ser entregue na cidade de Três Lagoas no Mato Grosso do Sul.

Ao se aproximar da cidade de Maringá, em trecho de subida, foi abordado por duas camionetes escuras, sendo que uma delas bloqueou sua passagem e a outra se aproximou pelo lado, cujo motorista estava armado com o que parecia ser uma metralhadora, dando sinal de parada ao condutor.

A vítima obedeceu e parou seu veículo, momento em que os indivíduos armados entraram no caminhão, um deles portando uma pistola. O motorista foi obrigado a deitar na cama da cabine, atrás do banco, com a cabeça para baixo, envolta com uma sacola na cabeça.

A partir daí os criminosos dirigiram por alguns quilômetros e em determinado momento pararam e colocaram a vítima em uma camionete que seguiu durante aproximadamente 40 minutos, entrando posteriormente no que o motorista acredita ser um barracão devido ao eco que notou no local, permanecendo ali por cerca de uma hora, tempo em que ouviu várias vozes conversando e rindo.

Depois disso a vítima foi colocada novamente no caminhão e os criminosos seguiram viagem por várias horas, parando algumas vezes. Conta ainda a vítima que por volta das 16h30 pararam em uma estrada de terra próximo de um canavial, onde disseram ao motorista para aguardar ao menos uma hora antes de pedir socorro.

Depois deste tempo, o rapaz saiu do caminhão e caminhou pela vicinal Oswaldo Lotufo Estevam em Santa Cruz do Rio Pardo, onde finalmente pediu ajuda à populares que passavam pelo local, sendo atendido por dois rapazes que pararam e diante dos fatos relatados, prometerem acionar a polícia.

Os policiais estiveram no local juntamente com a perícia e encaminharam a vítima até a CPJ para o registro da ocorrência. O motorista contou ainda que os criminosos levaram seu aparelho celular e R$ 700,00. O caso segue em investigação.

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.