domingo, 14 de abril de 2024

Academia do SUPER CÉREBRO utiliza o Soroban em seu método inovador de ensino

Rose Pimentel

 

A Academia do SUPER CÉREBRO, dirigida em Ourinhos pelos professores Alexandre Faria e Rosangela Lima, trabalha com uma metodologia inovadora que combina o ensino do Soroban (Ábaco japonês) com apostilas didáticas, jogos de tabuleiro importados e jogos manuais, com o objetivo de exercitar e fortalecer competências cognitivas e socioemocionais, tais como: memória, concentração, cálculo mental, raciocínio lógico, liderança, estratégia, sociabilidade e cooperação.

Vamos conhecer um pouco sobre o Soroban!

 

O Soroban !

 

Uma invenção milenar

 

O ábaco chegou ao Japão em meados do século 16 e era comum em pequenas escolas particulares que ensinavam leitura, escrita e aritmética na época e seu uso se espalhou naquele País.

Várias civilizações antigas já usavam o ábaco como ferramenta para calcular grandes somas.

Sua origem exata é desconhecida, mas algumas referências ao ábaco datam da época do Império Babilônico, cerca de mil anos antes da nossa era.

Consiste em uma tábua de madeira com cordas e fios paralelos. Em cada um deles, há dez contas (bolinhas) móveis. Com esse instrumento, você pode fazer cálculos aritméticos simples como adição, subtração, multiplicação e divisão, mas também outros mais complexos.

 

 

Uma ferramenta de desenvolvimento cognitivo

Quando a calculadora eletrônica começou a ser usada, as pessoas viram o ábaco como uma relíquia do passado. Mas aprender a manusear essa ferramenta ajuda a processar as informações de forma mais rápida e eficiente. Desde o século 20, é apenas mais uma calculadora, mas para nós é uma ferramenta de desenvolvimento cognitivo.

Os defensores do ábaco o consideram uma ferramenta que não só melhora o cálculo mental, como também a memória e a concentração.

Os movimentos das mãos criam uma conexão entre o corpo e a mente que tornam o cálculo um processo ativo e envolvente.

 

Aulas extracurriculares

Em dias de movimentos digitais indicarem cada vez mais possibilidades de conforto, os movimentos essenciais para nosso desenvolvimento básico e efetivo fica defasado, não só as crianças, mas todas as idades devem dar atenção maior aos movimentos analógicos, desde os movimentos motores finos e pequenos ao esporte que estimulam movimentos psicomotores largos, intuitivos que completam o desenvolvimento lógico e criativo do cérebro.

Vale a pena conhecer e vivenciar as experiências e oportunidades oferecidas pelo Super Cérebro!

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.