quarta, 21 de fevereiro de 2024

ACE entregará 1 mil cobertores a entidades locais na quinta-feira, 20 de agosto

Cobertores chegam junto com previsão de muito frio em Ourinhos nos próximos dias

 

Da redação

 

Chegaram esta semana à sede da Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos (ACE) os 1 mil cobertores comprados com recursos da própria entidade e das doações de diversas lojas do comércio de Ourinhos. A campanha do agasalho atingiu sua meta através de campanha publicitária digital de sensibilização para as doações e por meio de ligações realizadas pela equipe de colaboradores da ACE. As doações variaram entre vinte e quarenta reais. “Algumas empresas fizeram doações de valores maiores por livre iniciativa, o que nos ajudou a chegar rapidamente ao valor necessário para a compra dos mil cobertores”, afirmou Robson Martuchi, presidente da ACE.

Nesta quinta-feira, 9h, representantes das entidades e igrejas de Ourinhos participarão de uma rápida cerimônia de entrega dos cobertores. “Preparamos nosso salão de eventos para poder acomodar a todos com o devido distanciamento”, informou Martuchi. A ACE cadastrou entidades assistenciais, igrejas e ONGs que já prestam serviço assistencial na cidade para serem intermediárias entre ela e as famílias que receberão os cobertores.

 

 

Na opinião do presidente da ACE, que também é diretor regional da FIESP/SESI/SENAI em caráter voluntário há 15 anos, cada vez mais o empresariado assume seu papel de protagonista na sociedade, gerando valor econômico, emprego, renda e dignidade para as pessoas. “E é nessas horas que os empresários também fazem a diferença, colaborando para o conforto e proteção das pessoas que mais necessitam”, disse Robson Martuchi.

ATRASO – Quando a ACE efetivou a compra dos cobertores, no início do inverno, a expectativa era fazer a entrega no prazo de uma semana. Porém, os efeitos econômicos da pandemia e da grande demanda pelo produto, devido a outras campanhas pelo país que focaram na compra de cobertores para evitar a doação de agasalhos usados, ocasionaram um atraso na entrega. “Certamente os cobertores ainda serão muito úteis para todo o período deste inverno e dos próximos, calhando em chegar em boa hora, quando estamos com a previsão de viver os dias mais frios da história da cidade, segundo as últimas previsões meteorológicas”, ponderou o presidente da ACE.

 

© 1990 - 2023 Jornal Negocião - Seu melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.